DEU NO TWITTER

A Polícia Militar do Amazonas precisou isolar a região no entorno da casa do governador Wilson Lima, neste sábado (26), por causa da ameaça de depredação.

Manifestantes insatisfeitos com o fechamento do comércio pressionam o governo para suspender o decreto que fechou estabelecimentos considerados não essenciais, por 15 dias, como parte das medidas de combate à Covid-19.

Durante a manhã, uma multidão tomou conta do Centro da capital para protestar contra o fechamento das lojas.

* * *

O gunvernador amazonense se mijou-se todinho, piou fino, obrou-se nas calças com medo da força do povão nas ruas e voltou atrás.

Os comerciantes e os seus empregados já podem trabalhar e ganhar a vida honestamente.

A economia da cidade voltou a produzir benesses em benefício de todos.

Parabéns ao povo de Manaus!

Um exemplo que deveria ser imitado pelos paulistas.

Deixe uma resposta