1 pensou em “OSNALDO PEREIRA DE ARAUJO – BRASÍLIA-DF

  1. Meu caro Sr.Osnaldo, o consórcio de veículos de imprensa funerária foi forjada nas premissas da “pátria enganadora”. São reles jornalisteiros a serviço da pauta progressista.

    São seres da pior espécie. É o que eu chamo de ditadura da comunicação. É a desinformação a serviço de um projeto torpe ideológico.

    A imprensa brasileira, salvo honrosas exceções, está morta.

Deixe uma resposta