COMENTÁRIOS SELECIONADOS

Comentário sobre a postagem FAXINA NACIONAL DOMINGUEIRA

Francisco:

É, o PT levou fumo, mas o Boquirroto não teve saliva nem pólvora:

Mais derrotas do que vitórias: Bolsonaro sai como o ‘pé-frio’ das urnas

Dos 14 candidatos a prefeito que o presidente apoiou, só 5 tiveram sucesso no primeiro turno; dos 59 postulantes a vereador, só 9 foram eleitos.

No caso dos 14 candidatos a prefeito que declarou apoio, apenas cinco tiveram sucesso no primeiro turno – Marcelo Crivella (Republicanos) e Capitão Wagner (Pros) avançaram para o segundo turno no Rio de Janeiro e Fortaleza, respectivamente; e foram eleitos Mão Santa (DEM) em Paranaíba (PI), Gustavo Nunes (PSL) em Ipatinga (MG) e Divaldo Lara (PTB) em Bagé (RS)

E o Crivella não vai resistir.

Ele apostou tanto no Nordeste e só emplacou um no primeiro turno e um no segundo.

Temos duas opções: dar uma Glock de presente para ele salivar, ou fazer uma vaquinha virtual para comprar pólvora.

PS: aceito levar porrada dos coleguinhas

* * *

Como serão os debates no segundo turno:

26 pensou em “NEM SALIVA, NEM PÓLVORA

  1. Engano seu, garoto. Bolsonaro foi o grande vitorioso dessas eleições. 2022 virá para provar isso. Guarda aí e cobra depois.

    • Só para frustrar (emputecer, desesperar, fazer chorar e mimizar) os que não gostam da Famíglia Bozo (Bolsonero, Bolsoringa, etc, etc…). Falemos de Carlos Bolsonaro: Aos 37 anos, dará início ao seu sexto mandato (20 anos “vereando’ no Hell de Janeiro). Foi eleito pela primeira vez em 2000, quando tinha apenas 17 anos.

      E, só para constar, o filho Carlos foi o único que realmente teve o apoio do “detestado” Bolsonaro e, para surpresa de ninguém, foi reeleito (sexto manato consecutivo).

      Sancho ansioso por 2022 para fazer campanha gratuita na Paulista por Bolsonaro. Quer dizer, gratuita nada, pois vou ter um enorme prejuizo com as despesas decorrentes de dedicar-me um ano inteiro em campanha. Prometo postar fotos diárias aqui no jbf.

      Recorro a Pessoa: Tudo vale a pena quando a alma não é pequena…

      Vem nimim 2022…

  2. Dos 14 candidatos a prefeito que o presidente apoiou, só 5 tiveram sucesso no primeiro turno; dos 59 postulantes a vereador, só 9 foram eleitos.

    E você acha pouco? 14 pessoas foram eleitas em função de uma. Eu computo como uma baita vitória, pois sabemos o quanto fragmentado é o voto em eleições municipais, pois é gigantesco o número de candidatos, havendo grande poder do voto na pessoa e não em quem a apoia ou o partido a que pertença.

    Mas esse argumento não interessa aos que detestam o Bozo. Exemplifico: o filho do bolsonaro foi reeleito pela sexta vez consecutiva e as manchetes focaram apenas no foto de menos eleitores terem votado no filho do Bolsoringa.

    Vocês me fazem rir (e muito). kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  3. o capitão não sai como pé frio dessa eleição, a única coisa demonstrada é que ele não é dono de ninguém, que os eleitores dele são livres para votarem em quem quiserem, ao contrário dos partidários de certa facção criminosa que votam em quem a alma mais honesta do pais ordena, entenderam, ordena, os pobres fiéis desse partido não podem ter vontade própria a não ser para lamberem as botas do dono do partido ou para dividirem as migalhas que caem da mesa dele.

  4. Isso aí.
    Se ele fosse o líder que acha que é, a coisa seria diferente.
    E, Sancho, até 2022 ainda há muito para Boquirroto perder.
    Aposto 100 contra 1 que ele vai voltar a ser o Jairzinho Paz e Amor, mas o que se ê hoje (pode mudar, claro) é que ele não conquistou o Nordeste como queria. E como ele perdeu no Sul e Sudeste…….

    Sancho podes e deves fazer campanha para quem quiseres. A democracia é isto mesmo.

    Nas o JM Boquirroto já encomendou um salivador… A que tinha não bastou e a pólvora não funcionou, deu chabú.

    • Leia esa, Francisco:

      Para Mourão, o baixo desempenho dos candidatos apoiados pelo presidente Jair Bolsonaro nas urnas não se deve à atuação do chefe do Executivo. “Não pode se debitar nada em relação ao presidente Bolsonaro, porque ele não entrou de cabeça nessa eleição. Ele apoiou alguns candidatos aí, muito pouco. Você sabe que o presidente está sem partido e, sem uma estrutura partidária, fica difícil participar de uma eleição”, declarou.

  5. Caro Francisco vamos dividir uma garrafa de cerveja que está meio cheia, você fica com a parte vazia e eu com a cheia. Tudo é uma questão de ponto de vista.

    A dois anos atrás o então depultado Bolsonaro mal conseguia se eleger, hoje colocou 5 prefeitos e 9 vereadores. Lembrando queo Bolsonaro não está preso a nenhum partido político, isto sim é vitória gigantesca contra os partidos e contra toda a mérdia, isto é mídia.

    • O Verdade E L F falou tudo.

      Bolsonaro não tem partido. Isso numa eleição fragmentada é muito ruim. O TSE aprovou mais de 30 partidos no BR, só o do JB teve problemas.

      Em Rib. Preto onde eu moro, o índice de renovação da câmara foi muito baixo, mais de 80% dos vereadores se reelegeram. Com relação aos prefeitos foi a mesma coisa, muita reeleição e pouca troca dos executivos.

      Mas como Bolsonaro é o responsável, tudo culpa dele. Ora, o máximo que ele fez foi levar o nome de algum candidato nas lives. Não foi em carreatas, nada.

      Sabem quanto do Fundão eleitoral Ele teve? Zero, zero reais, contra 3 bi do Sistema. Fez milagres.

      • Cê já imaginou um presidente fazendo carreata para candidato em Ribeirão Preto? Mesmo sendo uma cidade importante, seria um desastre ético..

        E um líder precisaria do Fundão para eleger algum vereador ou prefeito? Não é só dinheiro que ganha eleição, como o próprio JMBoquirroto demonstrou em 2018.

        • Francisco, 2018 foi um ano atípico. O sistema vacilou e o Bolsoringa bateu a carteira deles.

          Agora, com a possibilidade de fazer o diabo (leia a excelente coluna do Arthur logo acima) com as urnas eletrônicas, virar 10, 20 milhões dde votos não será problema.

          Eles têm apenas um problema, que está sendo resolvido com a gripe chinesa, o povo não pode ir às ruas.

    • Falando em voto impensado… E os institutos de pesquisa não apontavam a belíssima Manu como favoritíssima em POA? Tinha, segundo eles, mais de 40% das intencões de voto a bela, em primeiríssimo lugar… Ficou em segundo…

      Dizem boas e más línguas que segundo é o primeiro dos últimos… Dia 29 mataremos a charada… Falando em charada, lembro de Gotham… Tempos de Bolsoringa, para desespero do leitor Francisco.

  6. – O PT perdeu 133 municípios (caiu de 257 para 124). Nenhuma capital. Quatro estados da federação sem nenhum município.Em termos de população, o PT governa hoje 3,64% dos brasileros.

    – PCdoB ainda mais drático: perdeu 51 municípios e governa apqnas 31 (0,42% dos brasileiros)

    – O PDT perdeu 133 municipios, ficando com 201

    – O PSOL, queridinho da mídia esquerdista,tem 03 municipios (0,69% do eleitorado).

    – Os outros pseudo partidos de esquerda (PCO, PSTU, etc)nem aparece nas estatísticas.

    E ainda temos que ler um boçal como este Fracisco dizer que o grande derrotado desta eleição foi Bolsonaro. Vai te ilustrar um pouco, seu imbecil.

  7. Se ele não tivesse traido as suas promessas de campanha, teria ajudado a eleger muito mais. Ele se acha (va) o máximo mas viu que políticamente só se mantém vivo por causa do Centrão, isto é fato incontestável.

    Entregou os anéis ao Centrão para salvar os dedos. Gostria de que me contestasse isto.

    E há dois anos atrás eu votei nele, para seu governo. Votei no novo, contra a velha política, e o que aconteceu? O novo ficou velho., mais do mesmo.

    Agora, para seu conhecimento, só votarei em candidato que não tiver filhos a proteger. Espero que tenhas entendido.

    • E o que dizem alguns analistas (Não, o Constantino, Fiuza et caterva)?

      Partidos do chamado Centrão acreditam que a relação da eleição municipal com a eleição nacional não é direta. Mas dá sinais e recados. Por exemplo: acreditam que, diferentemente de 2018, Bolsonaro não poderá contar com uma “onda” que o elegeu, com base no discurso anticorrupção — e arrastou candidatos que se vendiam como seus aliados.

      Agora, será candidato à reeleição — e não venderá uma mudança, uma esperança — precisará “mostrar serviço“ dos últimos quatro anos no Palácio do Planalto, principalmente na economia. “É aquela história: menos ideologia, mais economia. É sobre administração, é trabalho manual. Não tem onda. O que será analisado será o resultado do mandato dele, o que ele fez em quatro anos, o que deixou de fazer”, diz um senador governista.

      Eu acho esta análise correta. O que veja aqui no JBF são antolhos, mas não vai funcionar em 2022 a não ser que haja resultados melhores. Não poderá defender mudanças, e só contará com resulytados melhores na Economia.

    • Francisco, a eleição para 2020 já está desenhada, os candidatos e partidos estão aí.

      A campanha não começou ainda, tem muito chão pela frente, porém uma coisa é certa, quem desejar ser candidato precisa se mostrar agora, assim como o Luciano Huck está fazendo.

      Sei que não responderás, pois só sabes falar e criticar, sem apontar soluções.

      Responda apenas duas palavras: Qual, na sua opinião o(s) candidato(s) e o(s) Partido(s) viável(eis) para 2022?

      Coragem moço, saia do armário, ou fique somente com as pedras nas mãos, numa posição confortável.

      • Engano seu, o JMBoquirroto já está em campanha há meses. Mas vai ter que apresentar muito mais resultados para vencer, haja saliva e pólvora.

        E eu não votaria no Huck, prefiro o Huck onde ele já está, pois está fazendo o bem sem precisar dos políticos. Se ele fosse eleito, estaria de mãos quase amarradas.

        PS: Grande Berto, que já me honrou 2 vezes publicando meus comentários só para eu levar cacete. Mas faz parte. Ave, César Berto, morituri te saludant!

        PS2: não caibo em meu armário. E não abro mão de comentar o que acho bobajada. Amén

          • Hahaha, Francisco, existe, também, a esquerda inteligente. E há o petismo inteligente.
            A burrice não é privilégio de alguma dessas vertentes, nem a inteligência.
            Infelizmente, nós os esquerdistas achamos que a direita é intrinsecamente equivocada, pelo simples fato de ser conservadora.
            Não é uma burrice, propriamente dita, mas uma escolha inconveniente.

        • Francisco eu sabia, ficar com as pedras nas mãos e não se expor é muito mais fácil.

          Eu aguento as críticas pelos meus posicionamentos. Não tenho medo de críticas e ficar de mi mi mi não é comigo.

          Este seu “PS: aceito levar porrada dos coleguinhas”; foi a coisa mais cut cut que eu já vi nesta gazeta escrota nos longos anos que a acompanho.

          • Sigo relator João: “aceito levar porrada dos coleguinhas” foi a coisa mais “cut cut” que eu já vi nesta gazeta escrota nos longos anos que a acompanho.

            Sancho rindo até 2022…kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk, etc… kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk…

  8. Veremos em 2022. Printa isso e depois checaremos. Viu o resultado na economia em outubro ? Em quem estão as vendas nos olhos ? Em tempo: também não tolero os filhos deles, assim como os do outro, mas são maiores, respondem por seus atos e, na real, em que, onde e quando atrapalharam o governo até agora, além de pagarem mico ? Qual o prejuízo material que trouxeram? Meteram a mão no governo JB ?

  9. Carlos, Sancho Pança, João Francisco, A Verdade Está Lá Fora, Joaquim, Rogério e Quem Mais:
    A direita está dando o seu canto do cisne.

Deixe uma resposta