DEU NO TWITTER

* * *

Discordo do “inexplicavelmente” que fecha esta postagem aí de cima.

Se esse cabra que escreveu isto lesse o JBF, ele mudaria de opinião.

Nosso estimado ativista lulaico Ceguinho Teimoso, especialista na vida e nas finanças do ex-presid…iário, mostraria que nada do que este difamador escreveu aí em cima é verdade.

Todos os itens citados são perfeitamente explicáveis.

Vender Avon, limpar bosta de elefante e fazer palestras eruditas rendem muito dinheiro.

Sem contar o fato de ter amigos que dão exemplo de operosidade e trabalho, como os donos da OAS e da Odebrecht, pra citar apenas dois exemplos.

Se liguem, seus desinformados!!!

4 pensou em “NÃO EXISTE VIV’ALMA MAIS HONESTA QUE ELE NESTE PAÍS

  1. Invariavelmente sonho em pertencer ao clube do bilhão… Acordo sempre no time que não consegue nem os 600 (ops, 300) reais do Bolsonaro. Onde foi que eu errei,meu Deus?

  2. Meu caríssimo Goy, saia da obscuridade, volta prá luz. Aproveita a oportunidade de recuperar este dom tão precioso que a natureza lhe deu, rsrs Que tal, a gente fazer um trato: se até 2022, o Bolsinho não for réu em nenhum processo de roubo, você vota nele, caso contrário, eu voto em qualquer tranqueira que você indicar. Fechado?

  3. Beni, não creio que Jair Messias Bolsonaro tenha se envolvido ou venha a se envolver em corrupção, mas não é, também, a alma mais honesta deste mundo e, sabes, já praticou pequenas irregularidades, comuns aos políticos, no caso, comum particularmente aos congressistas, naquelas safadezas de empregar a pessoinha do peito para não trabalhar. Alguém dirá que isso não prejudica ninguém, o parlamentar emprega alguém só para lhe beneficiar, mas, é claro, a virgindade do deputado, no caso o menino esse aí, perdeu-se, foi arrombada, porque se empregas uma pessoa com dinheiro do Estado para essa pessoa não trabalhar estás fazendo um pacto envolvendo o dinheiro público, que está pagando a alguém falsamente – é como comprar uma mercadoria que não será entregue.
    Certamente tu te alembras que em janeiro de 2018, a Folha de S.Paulo publicou reportagem sobre a assessora Walderice Santos de Conceição, a Wal, que vendia açaí em Angra dos Reis (RJ) durante horário do expediente em Brasília.
    Também não te foge ao conhecimento que enquanto ocupava o cargo no gabinete do ex-deputado em Brasília, Nathalia Queiroz atuava como personal trainer no Rio de Janeiro. Ela trabalhou para Flávio Bolsonaro na Assembleia do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) desde os 18 anos, começando em 2007 e saindo em 2011. Depois, assumiu um cargo no gabinete de Jair na Câmara dos Deputados, de 2011 a 2018, parecendo mais do que evidente que se tratava de uma boquinha, conhecida como sinecura.
    Outra coisinha de nada era o fato de Jair Messias Bolsonaro, então deputado, ter imóvel próprio em Brasília mas mesmo assim receber auxílio-moradia, o que ele achou que não tinha nada demais e que inclusive ele usava essa graninha do imposto que tu pagas para comer gente – ou seja, praticava o canibalismo com dinheiro do Erárío.
    Já alguém disse que já presidente Jair Messias Bolsonaro usou avião da FAB para levar gente para o casamento do filhote e que isso seria um pouquinho irregular, talvez porque gaste gasolina do governo em finalidades particulares, mais, quem sabe, pagamento de uns extras para um ou outro, coisas assim.

Deixe uma resposta