DEU NO JORNAL

O desmentido categórico do ex-diretor-geral da Polícia Federal Maurício Valeixo sobre “interferências” de Bolsonaro foi ignorado solenemente pelas manchetes desta terça (12).

Já as especulações sobre o vídeo…

* * *

Em se tratando da grande mídia oposicionista da atualidade, isto é perfeitamente normal.

Novidade alguma no comportamento das redações engajadas e militantes.

Estamos cada dia mais distantes daqueles tempos em que nos órgãos da grande imprensa se aplicava a primeira aula do primeiro dia do Curso de Jornalismo: informar com isenção e imparcialidade.

O Antagonista, no mesmo caminho da Folha, do Estadão, do Globo e da Veja, entre outros, virou um esgoto de oposição que chega faz vergonha.

E, antes que eu me esqueça:

Não sou jornalista e nem esta gazeta escrota é integrante da grande mídia.

Sou parcial, fuxiqueiro, intriguento, levantador de falsos, insinuador malévolo e vou continuar sendo assim.

Isto faz um bem danado pro meu astral e pra minha saúde!!!!!!

5 pensou em “NADA DE NOVO

  1. O nosso Editor Berto é: “fuxiqueiro, intriguento, levantador de falsos, insinuador malévolo” e amamos esta Gazeta Escrota por ser assim.

  2. Querem impichar Bolsonaro por dizer “…sou a palavra foder” numa reunião de seu staff. Alegam que faltou com decoro.
    Eu acho que ele falha ao não ” dar com couro” no lombo de canalhas.

  3. A Dilma, que era infeliz em suas declarações, foi impinchada por pedaladas fiscais. Já o bolsinho cometeu crimes previstos na constituição. O vídeo é estarrecedor, presidente aos palavrões, falando em intervenção em órgão de Estado para proteger a família,
    Isso sem falar de ministros sem a menor qualificação ofendendo o STF, a Chine (maior parceiro comercial do Brasil), etc, etc.

    Impeachment é pouco, deveria ser preso como o Lula.

  4. E pra minha também, Mestre Berto!

    A minha riqueza é a minha liberdade, isenta para dizer não a toda essa imprensa podre que se instalou em suas redações após o término da mamata “patrocinativa petista.”

  5. Impressionante como O Antagonista, a Crusoé, que surgiram no inicio do governo Bolsonaro como uma alternativa decente, a Folha, o Estadão, o Globo e a Veja, entre outros, virou um esgoto público de oposição que chega a dar vergonha na gente.

Deixe uma resposta