DEU NO JORNAL

O ministro da Defesa, general Braga Netto, criticou nesta quinta-feira, 22, a notícia do jornal O Estado de S. Paulo segundo a qual ele teria ameaçado o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, caso não houvesse a admissibilidade do voto auditável.

“Trata-se de mais uma desinformação que gera instabilidade entre os Poderes da República em um momento que se exige a união nacional”, declarou Braga Netto, em evento na sede da pasta, ao mencionar que interlocutores não falam por ele.

“O Ministério da Defesa reitera que as Forças Armadas atuam sempre e sempre atuarão dentro dos limites previstos na Constituição”, disse o ministro.

Lira também desmentiu o Estadão.

* * *

Eu já tinha falado hoje que, se saiu no Estadão, havia uma probabilidade de 99% de ser falsa a notícia.

Vejam a postagem logo aí embaixo.

Agora já está confirmado: é mentira mesmo.

Esses babacas que compõem as redações da grande mídia oposicionista já estão na lista de Polodoro.

O nosso estimado jumento está com a pajaraca bem lubrificada com azeite de dendê apimentado.

Pronto pra enfiar sua estrovenga no furico dos jornalisteiros e dos diretores de revistas e jornalecos banânicos.

Num vai sobrar uma única prega!!!

Deixe uma resposta