DEU NO JORNAL

Alexandre Garcia

Muitos políticos estão deixando o PCdoB. Nesta quinta-feira (17) foi o governador do Maranhão, Flávio Dino, que anunciou sua saída – ele deve ir para o PSB. A mesma coisa deve acontecer com a ex-deputada Manuela D’Ávila (RS) e o ex-ministro e deputado federal Orlando Silva (SP).

Até o deputado Marcelo Freixo deixou o Psol provavelmente para ser candidato ao governo do Rio de Janeiro pelo PSB. Todos eles mudam de partido com a bênção de Lula. Eu fico pensando por que o ex-presidente não levou esses políticos para o PT.

Acho que Lula sente que o PT está marcado pela corrupção descoberta pela Lava Jato. Três tesoureiros do partido foram presos nos últimos anos. O partido está com a ficha suja, mesmo depois da limpa que a Suprema Corte fez na ficha de Lula.

A mesma coisa acontece com o termo comunista. Acho que o pessoal do PCdoB está querendo cair fora do partido porque a palavra comunista puxa para baixo. Todos estão pensando na eleição do ano que vem.

O mesmo aconteceu com o Partido Comunista Brasileiro (PCB) tradicional, aquele de Luiz Carlos Prestes, que mudou de nome primeiro para PPS e hoje é o Cidadania. Eles queriam abandonar a palavra comunista.

Flávio Dino tuitou afirmando que sua saída do PCdoB é devido a “diferenças estratégicas e táticas”.

Para mim está claro que ele está focado estrategicamente na eleição de 2022 e pensou em qual movimento deveria fazer para se eleger. Parece que ele quer ser candidato ao Senado pelo Maranhão.

Essas são as mudanças e os movimentos partidários que antecedem o ano eleitoral, que será bem interessante.

5 pensou em “MEXE-MEXE NA ESQUERDA

  1. O PDT está de verde e amarelo, abandonou o vermelho e o azul. O PSB vai vir com uma cara de partido moderado. O PSOL e o PCdoB radicalizam.

    No fim é tudo a mesma coisa e quem manda é o Lulla.

  2. Pintar um burro com listras de zebra não engana a ninguém mais.
    Desistem socialistas saqueadores do erário sob a égide do encantador de jumentos. O povo não se engana mais.

  3. cuidado maranhenses……molusco de senadô por esse Estado, seria mais do mesmo , ou basta ter um bigode para que elejam essas figuras…………………..o mulusco nunca residiu no Maranhão. Haja cara de pau.

Deixe uma resposta