CORRESPONDÊNCIA RECEBIDA

Prezado Editodos,

o Cabaré do Berto comemora no dia 20/08 um ano de rebeldia, diversão e de excepcionais momentos culturais, com poetas/poetisas, tratados sobre cornos, boiolas e costumes regionais.

São 52 semanas, das quais 7 não tivemos encontros por motivos superiores (não sabia onde tinha botado a chave do Cabaré!) .

Tivemos 44 convidados com algumas repetições.

Começamos em 20/08/2020, com Luiz Berto e depois se seguiram: Rodrigo de Leon, Sancho Pança (Dr. Honoris Coco), Goiano Braga Horta, Jesus de Ritinha de Miúdo, Roque Nunes, Maurino Júnior, Marcos André, Maurício Assuero, Renata Duarte, Rômulo Angélica, Adônis Oliveira, Neto Feitosa, Fernando Gonçalves, Neide Nascimento, Dedé Monteiro, Magnovaldo Santos, Pedro Henrique Berto, Sociedade dos Poetas Vivos do RN (Ozany e sua turma de excepcionais poetas), Carlito Lima, Aída Faria, Helder e Luciana, Adélia Costa, Wellington Vicente, Flávia Arruda, Marlon Torres, Ângela Gurgel, Colly Holanda, Giuseppe Mascena, Marcelo Almeida, Genildo Santana e Gonçalves Júnior (que vai voltar para terminar o papo).

Hoje, convidamos Anastácia Alcântara, uma pessoa extraordinária, que se prontificou a tocar umas músicas para abrilhantar nosso encontro.

Anastácia é uma pajuezeira, de Afogados da Ingazeira, já foi defensora pública, trabalhou no TCE e é uma amante da música.

Tímida, diz que não é musicista, mas dedográfa. Ela preparou um breve repertório para compartilhar conosco.

Assim, meu nobre, convide a cambada de frequentadores do JBF, leitores e colunistas, corte o ponto e o salário de quem não comparecer, e vamos nos encontrar às 19h30h.

Para entrar na sala, basta clicar aqui

Por conta da limitação do horário, abrirei às portas do Cabaré às 19h25, portanto, acessem o link a partir desse horário.

Terezinha, arrume uma vassoura para dançar um forró com ela que o negócio hoje pega fogo.

Parabéns ao Cabaré do Berto!!!!!

O Cabaré mais cultural já surgido na História da Humanidade.

R. Um ano de cabaré!!!

Uma data putarística de altíssima envergadura (êpa!).

Francamente, fico feliz que só a peste de saber que o jornaleco que eu edito é um grande divulgador desse nosso encontro semanal, competentemente comandado pelo colunista fubânico Maurício Assuero.

Maurício é o criador e administrador da plataforma onde tudo acontece.

Cababom e competente!!!

Mais tarde, início da noite desta bela quarta-feira, estaremos todos lá, para termos o privilégio de apreciar o desempenho da sertaneja Anastácia Alcântara, brindando a nossa patota com o seu talento musical.

E também pra celebrarmos e comemorarmos um ano de existência dessa irmandade composta por gente talentosa, animada e cheia de vida!

Uma salva de palmas pro nosso cabaré!!!

4 pensou em “MAURÍCIO ASSUERO – RECIFE-PE

  1. Já mandei Bucetilde, Priquitôncia e Vagineide pra irem adiantando a limpeza das mesas, do dancing cabarelístico e do bar!!! No bar tem whisky, vinho tinto seco, cachaça de cabeça, cachaça temperada, cachaça de Minas Gerais, Pitú, cerveja, Montilla, Conhaque e outros aperitivos… Tem pestiscos também: camarão, lagosta (que eu desviei do stf kkkkkkkk), medalhão de frango com bacon, e claro, umas meninas dezinibidas pra fazer a alegria desse bando de véi sunvergonhos, tarados e afoitos!!!

Deixe uma resposta