CORRESPONDÊNCIA RECEBIDA

Prezado Editodos,

hoje o Cabaré do Berto vai receber o escritor sergipano Antônio Saracura que iniciou sua história plantando sementes na terra para depois plantá-las na literatura.

O cabra aposentou a enxada para se tornar jornalista, analista de sistemas, economista, passando por empresas como Rhodia, Petrobras, Telebras, mas danou-se a publicar romances e nessa linha vieram Os Tabaréus do Sítio Saracura, Meninos que não queriam ser Padres, Minha Querida Aracaju Aflita, Tambores da da Terra Vermelha (livro de contos), Os curadores de cobra e gente (cordel) e Pássaros do Entardecer…. cabra bom da peste.

Até hoje o único Saracura que eu conhecia era o João Saracura da música Abrigo de Vagabundo do grande Adoniran Barbosa. Então, esse será o segundo…

Por favor, divulgue no jornal mais lido da Terra que esse encontro será das 19h30 às 20h30.

Para participar, basta clicar aqui.

Abraços

R. O recado está dado, nobre gerente cabarezeiro.

Teremos hoje mais uma sexta-feira movimentada e rica de literatura, conversas e encantos.

Será uma grande alegria conhecermos o talentoso escritor sergipano Antônio Saracura.

Às sete e meia da noite de hoje estaremos todos lá!

Deixe uma resposta