CORRESPONDÊNCIA RECEBIDA

Berto,

Transmita, por favor, minhas saudações aos advogados que frequentam a comunidade fubânica, pela passagem deste 11 de agosto.

R. Saudações transmitidas, meu caro amigo, Advogado, Juiz e colunista do JBF.

Neste dia 11 de agosto, Dia do Advogado, parabéns pra você e pra todos os fubânicos que são advogados.

13 pensou em “MARCOS MAIRTON – BRASÍLIA-DF

  1. Sancho aproveita para mandar beijão para a mais bela, talentosa e fubânica advogada, a doutora Tatiane Andrade, lá de Resende-RJ.

    Outra advogada de mão cheia é a Michaela Pratt, namorada de Sancho, mas essa poderei parabenizar pessoalmente (he,he,he), para matar de inveja o meu amigo e irmão camarada JoséRamos.

    E mais um beijo, para o nosso fubânico Goiano, um advogado lulístico e fubanístico.

    Beijo final para o grande Mairton, nosso juiz de excelência fubânica, que “advoga OS causas perdidas” como Sancho.

  2. Muito grato, Berto!
    De fato, diz um advogado amigo meu que, uma vez advogado, sempre advogado. Assim, mesmo vestindo a toga do Judiciário há 19 anos, continuo sendo advogado, podendo voltar à ativa após deixar a magistratura. Por que não?
    E, já que o Sancho abriu a porta das menções pessoais, envio um abraço especial à advogada Natália Guberev, minha amada esposa e musa inspiradora.
    Abraço também nosso jurista de renome internacional José Paulo Cavalcanti, que figura entre os colunistas deste jornal.

    • Meritíssimo amigo “MMM”, louvando o efeito bumerangue, devolvo a gentileza da sua lembrança aos doutos advogados. Mas, como quem não tem cão caça com gato, além de parabenizar os advogados, ESCANCARO A PORTEIRA DO JBF (com a permissão do único ganhador da Roleta do Cu-Trancado de Palmares), e parabenizo toda a estudantada do meu Liceu do Ceará, desde 1958, quando ali ingressei, até os dias de hoje. Estudante, sempre estudante! 11 de agosto, Dia do Estudante. Até isso parece que os educadores fazem questão de esquecer. Duvido que esqueçam o aniversário de Paulo Freire.

  3. Obrigado meritíssimo; desejo o mesmo a todos meus colegas.

    Nossa profissão vem sendo muito mal vista ultimamente; por varias vezes tive que defendê-la de ataques em meu círculo de amizades, inclusive aqui no JBF.

    Mas todos sabemos o quanto a justiça depende de nós.

    Parabéns a todos.

  4. Obrigado a Berto pela publicação, a Mairton, pela iniciativa, e aos companheiros, pelos comentários. É preciso, mesmo, que os próprios advogados cuidem de destacar a importância, a relevância e o sentido ético da advocacia, pois muitos acreditam (como o acreditavam os governantes do período militar) que o advogado se confunde com a pessoa e as atividades quer o advogado defende, o que é um pensamento absolutamente equivocado. O advogado é essencial à correta aplicação da lei e à obtenção de Justiça, porque ninguém pode restar sem defesa perante os tribunais, desde o inocente ao que pratique o mais horrendo e hediondo crime, de modo que sempre caberá a algum advogado realizar a representação perante o juízo. Cabe ao advogado realizar as defesas com ética, honestidade, legalidade, respeito, de modo que caso a pessoa seja merecedora de penalidade ela ocorra nos estritos limites previstos na legislação.
    Hoje, com a extrema atividade das redes sociais, onde todos têm voz e onde essa voz repercute, advogados, promotores, juízes, magistrados de todas as instâncias, enfim, os operadores do direito em geral, vêm sendo alvo de ataques em geral injustos e despropositados – o que é nosso dever mais do que combater, esclarecer à opinião pública.
    Parabéns aos advogados que frequentam as páginas do Jornal da Besta Fubana.

  5. Sabe o que é uma Kombi, caindo num precipício, com cinco advogados dentro??
    Desperdício…caberiam pelo menos uns oito!!

    Brincadeirinha!!!!

      • Procurando entender porque tantos querem seguir a carreira, li sobre Sobral Pinto e sua lição (moral e cívica) do advogado ser o primeiro juíz da causa que lhe foi conferida…
        E tive a prova da teoria assistindo a cena do julgamento de Al Capone no filme Os Intocáveis. Foi o exemplo perfeito!

        • Vou rever a cena. Gosto muito de ver a maneira como o Direito faz parte do cinema. Vide a defesa do advogado dos africanos perante a Suprema Corte Americana, no filme Amistad. Incrível!

  6. Prezados amigos,

    Ao longo dos meus muitos anos, consegui estudar em cursos de especialização de uma porrada de profissões: Engenharia, economia, administração, psicologia, comércio e relações internacionais, administração pública, etc.
    Dei tiro para todos os lados.
    As únicas que eu jamais seguiria são: Medicina (não suporto ver sangue), cobrador de impostos (não suporto ser cúmplice de roubos alheios) e direito.
    Para minha modesta opinião, advogados são os abutres das sociedades humanas. Alimentam-se a partir de todas as mazelas e misérias humanas. Onde houver uma desgraça, um advogado vai lá e retira alguns pedaços, através de bicadas vorazes, a fim de alimentar seu patrimônio. São os cúmplices remunerados de todas as patifarias possíveis e imagináveis.
    Com a tremenda valorização recebida nas últimas décadas, através dos sucessivos governos de esquerdistas, a maioria absoluta de nossa infeliz nação está direcionando seus esforços para se juntar às hordas e gangues de causídicos regiamente remunerados com os impostos extorquidos da manada de babacas conhecidos como cidadãos.
    Um triste fim aguarda essa nação, hoje entregue à sanha patrimonialistas dessas hordas de abutres que não contribuem com PORRA NENHUMA para a nossa malfadada nação.

    • ERRADO, seu Goiano!

      Eu sou o REVOLTADO COM CAUSA!

      A causa da minha revolta são os milhões de parasitas que vivem sugando e mamando desbragadamente nas tetas da nação, só para tergiversar infinitamente sobre toda e qualquer merda de “processo” que lhes caia às mãos.
      Um país que tem de sustentar a pão de ló essas multidões de lombrigas gordas não vai sair da merda nunca.
      Mirem o exemplo da China. Praticamente não tem advogados. Toda a cúpula do partido no poder é composta por engenheiros.
      Isso, quando não se transmuta num petista e começa a roubar desbragadamente, ou a proteger seus comparsas de todas as maneiras possíveis e imagináveis.
      Como eu não acredito mais que a ira dos deserdados do banquete brasiliense vá degolá-los todos, irei embora desta merda no primeiro momento que puder.
      CHEGA!
      MEU SACO ESTOUROU COM TANTA PATIFARIA.

      P.S. Rezarei para não dar de cara com Gilmar Mendes em Lisboa. A tentação de dar-lhe uma bofetada bem no meio do focinho será irresistível. Cagou nosso país e vai usufruir da fortuna que nos roubou lá. É demais!

Deixe uma resposta