CORRESPONDÊNCIA RECEBIDA

Berto,

tem como colocar vídeo do Facebook no JBF?

Se der, envio essa sugestão curitibana.

Para quem não sabe, capivaras são praticamente o bicho de estimação da cidade.

Este vídeo é do maior parque da cidade, chamado Barigüi.

Abraços

 

7 pensou em “MARCELO BERTOLUCI – CURITIBA-PR

  1. Será que meu bar favorito sobreviveu? Porrrrrrrrrrra, agora bateu saudade! O velho Sancho trancafiado em São Bernardo, que iria, como faz todos os anos, passar férias de inverno em Curitiba, vai ter que ficar chupando o dedo. Saudade descomunal da turma do “‘Bar Atletiba’.”, no Boqueirão. Dória e Covas “enterraram” minhas férias? Ah, Sancho, larga de ser ranzinza, É PARA o seu bem!!!!

  2. A sensibilidade da Natureza, Marcelo Bertolucci, salva a maldade do homem, responsável pela criação do vírus chinês, para exterminar a humanidade inocente!

    Parabéns, colunista, pela bela imagem do dia! É por isso que o JBF é a maior criação do criador Berto!

    Fazer diferente dos outros jornais-lixos, é a sua democracia!

  3. Capivaras estão se reproduzindo rapidamente na natureza e até nas cidades (parques com lagos) pois não têm predadores. Não estão mais em extinção.

    Não se aconselha a aproximação de humanos ao animal, pois ele é selvagem, pode morder, vindo a causar grandes ferimentos e ainda pode ter um tipo de carrapato (estrela) que pode levar pessoas à morte.

    Não se deve interagir com as capivaras em ambiente natural.

  4. A capivara é um dos hospedeiros do carrapato estrela, transmissor da febre maculosa, doença,, muitas das veze, mortal. É prudente manter uma certa distância delas.

  5. Pra mim foi como tivesse vendo um filme de terror. Perdi uma amiga, jovem, com dois filhos, exatamente por causa da febre maculosa. Foi rápido demais, pior que o Corona Vírus. Num feriado ela foi para o interior com a família e visitou exatamente um local com capivaras. Este vídeo serve como um ALERTA para a não aproximação do habitat das capivaras.

Deixe uma resposta