CORRESPONDÊNCIA RECEBIDA

Caro editor e leitores do nosso jornal,

Esta é a pesquisa Data Povo.

Foi feita ontem, sexta-feira, no Amapá, terra do Randolfe Dpvat Rodrigues.

Se lembra?

É o Gazela Saltitante.

Veja o vídeo:

3 pensou em “LEVI ALBERNAZ – ANÁPOLIS-GO

  1. SERGIO MORO
    A história começa nos idos 1980.
    Havia em Londrina/PR um sujeito chamado JOSE JANENE – presta atenção neste nome!
    Havia outro também que de chamava JOSE RICHA – guardem este nome também.
    E um terceiro, muito jovem, professor de ensino, de nome ALVARO FERNANDES DIAS – anotem este também. Embora Álvaro tenha sua família em Maringá, acabou estudando, e por incompetência, acabou professor numa pequena escola de bairro em Londrina.
    Naquela eleição que o PMDB fez TODOS OS GOVERNADORES DO BRASIL, elegeu também com folga o congresso, que acabou por optar em não eleger diretamente o presidente.
    Nesta oportunidade, JOSE JANENE vira o líder do congresso com poderes quase totais, JOSE RICHA vira governador do Estado do Parana e o ALVARO DIAS vira vereador em LONDRINA.
    JOSE JANENE, um árabe muito hábil, montou um sistema de transferir dinheiro do Brasil para exterior. JOSE RICHA, o “dono” do BANESTADO autoriza a criação das CC5, contas que você depositava em moeda nacional mas podia sacar o dinheiro em qualquer agência do BANESTADO mesmo fora do país. Neste momento a JOIA DA COROA! Banestado abre agência em outros países, a começar pelo PARAGUAI.
    É lógico que para ter uma conta destas o correntista teria que pagar uma “comissão” a um despachante para cuidar dos papéis.
    Neste momento entre jogo a notória figura de YOUSSEF. Amigo de JANENE e de RICHA. Os três árabes.
    O rolo ficou tão grande que chamou a atenção da justiça.
    Fizeram um ACÓRDÃO, pois muitos políticos altamente influentes estavam em vias de perder a liberdade.
    Escolheram um juiz jovem para julgar todos os casos. Eles envolviam MUITOS BILHÕES DE DÓLARES, fruto de roubos e desvios de dinheiro público, de todos os governos estaduais, federal, deputados, senadores, financiadores de campanha, etc.
    O nome do jovem juiz?
    SERGIO MORO.
    Todo este grupo saiu do antigo PMDB, MDB e outras origens mais obscuras.
    ALBERTO YOUSSEF não ficou um dia preso. Aliás nenhum dos envolvidos foi preso.
    Nesta altura o governo do Estado do PR Cris um serviço assistencial para amparar as APAES. Enormes volumes de dinheiro era entregue a este ÓRGÃO que não prestava conta a ninguém.
    Uma escola privada, da “família”, com mensalidades altíssimas, de LONDRINA, recebia uma fortuna mas não tinha um aluno sequer com alguma deficiência. Era altamente seletiva.
    Quem administrava mais 900.000.000 de dólares todos os anos deste órgão do governo estadual?
    Nada menos que uma pessoa altamente confiável:
    DRA. ROSANGELA MORO!

    Assim está programado o retorno da vaca sem donos para todos eles possam continuar mandando, aliás como sempre fizeram!

    O GOLPE ESTA AÍ! CAI QUEM QUER!

  2. Só acredita em terceira, quarta, quinta… via. Como também no líder das pesquisas (200%).
    Quem é mal intencionado ou idiota.
    Como pode alguém liderar pesquisas para presidente se nem aparece nas ruas, no meio do povo?

    Vão enganar baralho.

Deixe uma resposta