CORRESPONDÊNCIA RECEBIDA

Caro Editor:

Uma excelente notícia: toda a grande mídia oposicionista do nosso país está bufando de raiva com o maravilhoso discurso que o Presidente Bolsonaro proferiu na ONU.

“Estamos há 2 anos e 8 meses sem qualquer caso concreto de corrupção. O Brasil tem um presidente que acredita em Deus, respeita a Constituição e valoriza a família. Isso é muito, se levarmos em conta que estávamos a beira do socialismo”

Ver o pessoal das redações esquerdistas babando de ódio e tendo ataques de fúria não tem preço que pague.

Que dia maravilhoso!

O que o G1 acabou de publicar, mostra que aqui no Brasil uma mentira repetida mil vezes, vira “jornalismo”:

4 pensou em “LEVI ALBERNAZ – ANÁPOLIS-GO

  1. Globolixo está quase pedindo Recuperação Judicial face à perda substancial de receitas.
    Carlos Slim deve comprá-la na bacia das almas.

  2. Já fiz esse comentário qui no JBF, eu e minha família tivemos Covid em 2020, na primeira onda e por termos médico na família (ele, esposa e filha foram infectados) nos foi medicado invermectina, azitromicina e zinco, uma de minhas filhas e seu marido chegaram a cansar, mas não foram hospitalizados, somos testemunhas vivas do tratamento precoce.

  3. Eu vi todo o discurso e não vi Bolsonaro falar o nome de um único remédio, sequer a palavra remédios genericamente foi citada. O que ele falou é que para combater a pandemia, sendo ela nova e pouco estudada, poderiam ser usados tratamentos off label sempre com referendo de médicos especialistas e com a concordância do paciente.

    Bolsonaro disse que ficou doente e que nos primeiros sintomas recebeu este tratamento e melhorou.

    Eu posso dizer que médicos renomados, como os Drs. David Uip e Roberto Kalill também fizeram uso de tratamento precoce e melhorara. Bolsonaro disse que com o tempo as coisas ficariam mais claras quanto ao tema, que hoje é tabu e se falar “tratamento precoce” nas mídias sociais, há uma censura.

    O G! não disse quais as mentiras que foram ditas. Insinuou que foram feitas compras de vacinas com corrupção sem citar qual vacina foi comprada e como houve a corrupção. Quanto às rachadinhas (única coisa que sempre falam), estas envolvem os filhos, não foram comprovadas, estão fora do atual Governo, o PT tem isso institucionalizado, não há nenhum inquérito em andamento, ….

    • João,
      Veja que coisa interessante: eu estava no Quixote Véi di Guerra retornando para o ABC ouvindo a rádio Cultura e o texto do G1 é muito parecido ao que ouvi na rádio Cultura.

      Impressionante como possuem discurso único e alinhado com relação a JMB.

Deixe uma resposta