CORRESPONDÊNCIA RECEBIDA

Prezados leitores do nosso jornal:

Se o povo brasileiro mantiver a esquerda longe do poder por uns vinte anos, o Brasil será uma das nações mais desenvolvidas do mundo.

Isso vale pras cidades também.

Toda vez que a esquerda perde uma eleição, ela quer destruir o país. É só constatar como elas estão agindo agora no governo Bolsonaro.

E quando ganham, elas destroem mesmo o país. É só olhar pra trás e constatar.

Não vote na esquerda!!!

13 pensou em “LEVI ALBERNAZ – ANÁPOLIS-GO

  1. Resolvi contestar.
    Consultei livros, busquei milhares de antigas ppstagens jotabefubânicas, fui a diversos sites, conversei com entendidos, procurei especialistas e não consegui argumentos para refutar os argumentos do señor Albernaz. Rendo-me às evidências.

    Recorro a uma frase do Nikolai Hel (andas sumido, rapaz): Levi Albernaz vai morrer de calor por estar tão coberto de razão.
    Olhei para a foto, abri um sorriso e constatei: jamais votei em nenhum desses partidos.
    Que nosso amigo Goiano, auxiliado por Famigerado, Francisco, Vermelhão e demais simpatizantes, formulem extensos textos nos mostrando as maravilhas que perdemos e que bom mesmo são países e cidades onde a canhota “progressista e democrática” está no poder.

    • Caro Sancho Pança,

      Diga-me quem és:

      É preciso entender.

      O eleitor do Bolsonaro não vai ficar constrangido ou mudar de opinião vendo a diarreia mental e o rebosteio que as ideias do seu candidato provoca.

      Isso exige um outro patamar de civilidade, de sensibilidade humana.

      Não é por argumento, história, números, estudo técnico, que o eleitor do Bolsonaro se interessa.

      Eles querem é um amplificador dos seus próprios preconceitos.

      Uma metralhadora de frases de efeito.

      Daí a empatia.

      O Bolsonaro é uma auto imagem de muitos brasileiros: racista, homofóbico, misógino, sádico e subletrado.

      Todo mundo tem um Bolsonaro perto de si dizendo diariamente muito do que foi dito no Roda Viva: um amigo, um marido, um tio, um avô, um colega de trabalho…

      Bolsonaro não é um mito, Bolsonaro é um espelho da ignorância humana.

      (Texto atribuído a André Nascimento Pontes, professor de Lógica do Departamento de Filosofia da Universidade Federal do Amazonas)

      Agora, vai pesquisar direito, tá no ré?

      Porque

      “2014: Encontrar um eleitor que critique o Partido dos Trabalhadores (PT) em Hortolândia – noroeste de São Paulo – não é uma tarefa muito fácil. Depois de se caminhar por algumas horas pelas ruas da cidade, é possível começar a entender por que este foi o único município do Estado em que o governador Geraldo Alckmin (PSDB) foi derrotado pelo candidato petista Alexandre Padilha.”

      Vou te ajudar:

      http://www4.pucsp.br/neils/downloads/v2_artigo_chiovetti.pdf

      Talvez tua pesquisa sofra alguma distorção optica de viés conturbatório da visão cíclica bolsofanatística, o que defintivamente te impedirá de ver a verdade e de te libertares.

      Idem o Levi.

      • Agradeço o material, querido amigo. Irei consultar com atenção. Que bom que haja munícipes satisfeitos com administrações de esquerda.

        Achei matéria idêntica:

        Na única cidade em que venceu em São Paulo, PT é elogiado até por tucanos https://www.bbc.com/portuguese/noticias/2014/10/141007_hortolandia_eleicoes2014_lk

        Tens algo sobre a maravilhosa gestão que está sendo posta em prática no estado do Maranhão?

        Só uma observação: como uso sempre frente à urna o habito do voto no menos ruim e como nos últimos pleitos (tirando 2018), votei no psdb, creio que deverias me tirar a pecha de bolsonarista (tenho grandes divergências ao social-democrata Jair que não atendeu meu pedido de privatizar todos os bancos públicos). Em virtude de ter votado em Aécio, Serra, FHC (eram os menos ruins na minha modesta opinião) me chamar de tucano (argh!!!) ficaria de melhor tamanho.

        Sofro muito por não haver partidos de direita na Brasil…

        Sempre um prazer receber texto seu…

        Beijo vosso coração com a devoção de fã de carteirinha e crachá. Até sempre.

        Sancho Pança – SBC -SP – Brasil – Planeta Terra, Sistema Solar, Via Láctea, Laniakea

        • Em tempo: aqui em SBC votarei no tucano Morando. E não tenho visto o dono do PT desfilando ao lado do Luiz Marinho, que concorre á prefeitura de SBC. Tenho percorrido as ruas junto ao Márcio, um grande amigo petista, para tentar conseguir um autógrafo de seu grande amigo e dono de muitos corações vermelhos. Fique tranquilo, Goiano. Se conseguir, enviarei para você atualizar seu caderninho de autógrafos dos grandes líderes vermelhos. Uma pena que ele não tenha andado pelas ruas de SBC para ser aplaudido. Deve ser a timidez.

            • Imenso Rômulo,

              E lá vamos, juntos e misturados em nossas jornadas fubânicas.

              Belíssima semana para todos nós.
              Grande abraço

              Sancho Pança – SBC -SP – Brasil – Planeta Terra, Sistema Solar, Via Láctea, Laniakea

        • Grande Sancho Pança, estou compreendendo que em não sendo eleitor de Jair Messias Bolsonaro, mas declarando-se direitista, de uma direita que dizes inexistir no Brasil, rejeitas os acessórios fascistóides dele e de Trump, e possivelmente sonhas com uma direita idealizada, talvez melhor concretizada na Noruega, só que lá faz um frio danado.
          Creio que pensas em uma direita sem os penduricalhos do racismo (já deixaste isso bem claro, odeias o racismo), da homofobia (tua apresentação na videoconferência do Cabaré do Berto também demonstrou isso, és avesso à homofobia), estou certo de que pensas em valores democráticos do tipo norte-americano (em termos de livre-concorrência absolutamente livre, mercantilista, intervenção mínima do Estado, máxima privatização, todos felizes como um filme de Hollywood), deves ser contra a violência, embora defendas a pena de morte e acredito que tens verdadeiro pavor do comunismo e acreditar que os esquerdistas brasileiros o que querem mesmo é transformar o Brasil em uma Cuba ou em uma nova Venezuela.
          Feita essa radiografia, concluo que és um direitista “bom”, aceitável, do tipo que elegeria Moro, Joaquim Barbosa, Luciano Huck, Sílvio Santos ou Geraldo Alckmin presidente da república, e que elegerá Orlando Morando do PSDB para continuar á frente de SBC, sendo de registrar que causa certa estranheza permaneceres eleitor do PSDB, uma vez que o DEM talvez represente melhor a direita mais pura, sei lá.
          Enfim, a verdade é que a leitura da chapa não deixou nada bem claro, de modo que és uma incógnita para mim e uma ovelha desgarrada no rebanho do Jornal da Besta Fubana.

      • “O Bolsonaro é uma auto imagem de muitos brasileiros: racista, homofóbico, misógino, sádico e subletrado.”

        Esta é a visão que a esquerda tem do Bolsonaro e é o que o fez ganhar a eleição de 2018 e provavelmente ganhará a de 2022.

        A esquerda o subestima enquanto grande parte da população brasileira o enxerga como um brasileiro inteligente (se formou na AMAN, o que é para poucos), autêntico, simples, religioso, que valoriza a família, a pátria e é conservador. É fácil para a maioria do brasileiro se enxergar nele.

        Tem defeitos? Sim, dá caneladas, é estourado, faz piadas sem graça de tiozão do pavê (assim como o Goiano) e o principal deles: é palmeirense.

        Se a esquerda continuar menosprezando-o ele já está com a faixa de 2022 garantida.

        • João Francisco, exatamente! Elegeram Jair Messias Bolsonaro os que se espelharam em seu racismo, homofobia, misoginia, sadismo e, em vários sentidos do termo, ignorância.
          Reconheceram-se nele e viram uma oportunidade de estabelecer no Brasil a desejada filosofia de que bandido bom é bandido morto e se gostas de um bandido leva um para a tua casa.
          Todos sabiam que estavam votando em uma metralhadora – e queriam isso!
          A “autenticidade” de nosso presidente da república é tanta que ele demonstra desprezo pela imprensa, liberdade democrática fundamental,, sua simplicidade anseia a glória norte-americana a ponto de avassalar-se, sua religiosidade é titubeante e pouco sincera pois é tudo e nada, as valorização da família o leva a exagerar o espírito de corpo na proteção nada republicana a seus familiares, o patriotismo é do tipo fascistóide e o conservadorismo é burro.
          Não o menosprezamos, sabemos que é forte por representar os piores instintos da raça humana e ser capaz de liberar nas pessoas comuns tudo o que temos de pior dentro de nós.
          Façam bom proveito de sua liderança.
          Será difícil apear essa triste figura e tudo o que ela representa do poder, para restabelecermos as conquistas ambientais, democráticas, humanistas e humanitárias, o sentimento de fraternidade e de atenção aos menos favorecidos, o orgulho pela aceitação das diferenças, o respeito índios, a reverência à raça negra e tudo o que representa os avanços contrários ao conservadorismo – as vanguardas esquerdistas.

          • Goiano,

            Bolsonaro é racista? Ele tem em Hélio Negão mais que um irmão. O considera tanto que “deu” a ele seu cargo de Deputado Federal pelo RJ.

            Homofóbico? Amir Kader, e Agostim Fernandes (só 2 ex.) sempre que estão ao seu lado o abraçam e beijam as sem restrições de quem seria homofóbico.

            Misógino? Deixou sua mulher fazer discurso em libras na sua posse pouco antes da sua fala, sem medo de ser ofuscado por ela. Lula jamais deixou a Muda falar em público.

            Combate a imprensa livre. Nunca um Presidente deu tantas entrevistas sem restrições quanto aos entrevistadores e nunca um PR foi tão atacado pela mesma imprensa. Evidente que ele se irrita quando há fake News semelhante àquela que o JN da Globo o colocou na cena do crime da Marielle, dizendo que o porteiro havia falado ele ele atendeu no seu condomínio os assassinos da Vereadora no dia de sua morte.

            Ademais, quem sempre pregou o “controle social da mídia” (também conhecido como censura) foi o PT.

            Desprezo pela liberdade democrática fundamental (seja lá o que isso queira dizer)? Bolsonaro coloca a liberdade individual e de pensamento como valor maior que a vida, pois, segundo suas palavras, é preferível morrer a perder a liberdade.

            • Meu caro João Francisco, tudo bem, creias no que deves ou queiras, mas lembre-se do ensinamento do Prof. Goyambú Bigeyes: – Não é porque o cachorro carrega as pulgas que ele as ama.

  2. Pingback: ELEGERAM UM MONSTRO ! ! ! | JORNAL DA BESTA FUBANA

  3. Levi, sou anapolino como você, todavia, você andou esquecendo algumas siglas: PSDB, ou PT X-9; PMDB, reciclado em MDB (esteve em todos os governos desde que o João Figueiredo entregou a rapadura ao José Sarney, que nunca dantes havia sido, MDB, mas ARENA, depois PFL, depois DEM, não sei se de democratas ou de demônios – tanto faz, a cronologia e a sincronia da palavra democrata anda tão desfigurada que não sabemos mais do que se trata, se governo do povo e para o povo, ou se demônios engrupindo o povo. Na realidade, tá difícil depositar esse sofrido votinho na urna, ainda mais que sequer tem recibo escrito dele, só um canhotinho meqetrefe. Mas pode anotar aí, PSDB, MDB e DEM deviam ser proscritos e seus candidatos fichados na primeira delegacia…, ia me esquecedo, o antigo partido do Bolsonaro, que nem sei mais quais as iniciais dele.

Deixe uma resposta