CORRESPONDÊNCIA RECEBIDA

Olá Luiz Berto,

Saudações.

Eu adoro o Jornal da Besta Fubana e inclusive já publiquei algumas matérias aí.

Agora tenho um canal no Youtube para a divulgação da arte dos poetas nordestinos, onde elaborei uma Série chamada “Mestres da Poesia”.

Tenho me concentrado mais nos grandes repentistas violeiros.

Este é meu vídeo sobre Lourival Batista Patriota (o Louro do Pajeú), renomado cantador que ficou conhecido como o Rei do Trocadilho por realizar magistralmente jogos com as palavras nos seus repentes.

Estou entrando em contato para sugerir a publicação deste Vídeo de cunho cultural no Jornal da Besta Fubana.

Obrigado, um abraço e muita saúde.

R. Meu estimado e jovem leitor, nascido no Recife e atualmente vivendo na Alemanha:

É um prazer enorme divulgar aqui o seu trabalho no Youtube, versando sobre grandes nomes da poesia popular.

E esta excelente série que você criou se inicia com um dos maiores ícones da cultura dessa nossa Nação Nordestina, o genial Lourival Batista Patriota, o imbatível Louro do Pajeú.

Use e abuse deste espaço pra divulgar o seu trabalho, meu caro.

Pode mandar cada um dos novos vídeos que você vier a gravar.

É um privilégio ter leitores do seu quilate.

Abraços e muito sucesso!!!

E aqui está o vídeo que você nos mandou:

4 pensou em “JOÃO ARAÚJO – MUNIQUE – ALEMANHA

  1. Fantástico, João.
    Você só esqueceu de nos fornecer o link do seu canal, para que possamos nos inscrever e acompanhá-lo melhor a cada nova publicação.
    Já estou no aguardo.
    Outra coisa. Esse seu Araújo no sobrenome, vem de onde?

    • Meu caro Jesus de Ritinha de Miúdo, fico feliz que você tenha gostado deste primeiro episódio sobre o grande Louro do Pajeú. Realmente ele foi um gênio! O meu “Araújo” no sobrenome vem da parte do meu pai que nasceu no Ceará e depois foi fazer a vida dele em Pernambuco. Aguarde o próximo episódio sobre os “Mestres da Poesia” e irei enviar para o mestre Berto o Link para se inscrever no meu Canal. Grande abraço e até a próxima declamação!

  2. Fiquei pasmo com tanta inteligência e criatividade.
    Que bela demonstração de cultura brasileira. genialidade, beleza,
    criatividade, inteligência etc…

    Como grande apreciador da cultura popular, considero esses repentistas
    como verdadeiros gênios , pois o que eles fazem é muitíssimo difícil e
    e somente uma mente muito ágil pode criar instantâneamente versos
    não somente criativos mas de muita beleza poética.
    Obrigado Berto, ,por mais esse presente para nós leitores
    da querida Besta Fubana.

    Fico aguardando a próxima postagem com bastante expectativa.

    • Que bom que você gostou, Fico muito feliz. Concordo perfeitamente com o que você disse: esses poetas repentistas são verdadeiros gênios! É incrível quando a gente percebe que o verso é elaborado respeitando todas as “regras do jogo” (rima no lugar certo, número de sílabas poéticas, etc…) e ainda com uma profundidade poética e completamente dentro do contexto da peleja. Aguarde os próximos episódios. Grande abraço e até a próxima declamação.

Deixe uma resposta