CORRESPONDÊNCIA RECEBIDA

A acelerada cearensização de Leonardo Di Caprio

Meu Papa, sua bênção!

Recebi de um amigo a imagem em anexo, com a legenda escrita assim:

A acelerada cearensização de Leonardo Di Caprio.

Realmente ele vem melhorando muito ultimamente.

Só que não tem p… nenhuma de cearense nessa genética, nem na busca por melhorar o reboco desse galego.

Na verdade Di Caprio é filho adotivo dos EUA. Seus pais são Dedé do Umbigão e Birinha dos Potes, lá do sítio Ermo de Carnaúba dos Dantas, dos quais herdou cor da pele, olhos claros, cabecinha quadrada (porém pequena, o que prova o erro na teoria cearense) e o cabelo fino aloirado.

Fala alto igualzinho aos seus parentes aqui do erre ene.

Seus pais dos EUA vieram pagar uma promessa no Monte do Galo, conheceram Birinha e levaram Di Caprio, que aqui era conhecido apenas por Dezinho de Dedé de Birinha dos Potes do Ermo.

Está explicado.

6 pensou em “JESUS DE RITINHA DE MIÚDO – ACARI-RN

  1. Com certeza foi um cearense que comeu a mãe de Leonardo Di Caprio.

    Que semelhança da porra com os filhos fortalezenses!!!!

    Quem terá sido o pai biológico?

    • Jamais, Cícero, que Birinha dos Potes é mulher direita.
      Foi Dedé do Umbigão quem tirou a cabaça dela, numa noite de lua em quarto minguante, em pé, Birinha escorada na parede do cemitério, tendo uns pneus de trator fazendo a barreira para quem passasse vindo pela Rua do Malassombro não visse nada.
      A Dedé ela é fiel até hoje.
      Ademais, reparou na foto do galego véi quando era mais novo? Tem até pescoço. Coisa impossível a qualquer cearense.
      Cearense tem a genética tão forte, que se cruzar com uma girafa, o filhote nasce sem pescoço.

Deixe uma resposta