CORRESPONDÊNCIA RECEBIDA

O ABRAÇO

O abraço é um gesto simples, porém carregado de sentimentos. Ele faz bem a quem o dá e a quem o recebe. O abraço sensibiliza, fortalece laços, promove a paz, a concórdia, o bem-estar. O abraço traduz amizade, afeto, amor. Os seres sociáveis apreciam um abraço, ainda mais se estiverem reclusos na solidão das suas moradas. O filho pródigo foi recebido com um abraço do seu pai. Há abraço de todos os matizes e feitios: abraços consanguíneos, de ternura, manhosos, efusivos, lacrimosos, veementes. Abraços religiosos, acalorados, mornos, sinceros, enfim, de todos os teores. Infelizmente, certas epidemias, por vezes, mandam o abraço para prisão domiciliar.

Se um dia o abraço for renomeado sugiro que passe a se chamar valeriana. Famosa por sua ação fitoterápica, a valeriana é uma planta mundialmente conhecida pelas propriedades sedativas e relaxantes.

Acredita-se que o abraço, que anima e recompõe, tem virtudes farmacológicas. Na história da medicina há um fantástico episódio que remete muito mais para a ficção do que para a realidade. Mas, acredite, é pura realidade:

Num hospital de Massachusetts, EUA, nasceram duas crianças, gêmeas, ficaram em incubadora separadas. Ele, o bebê Kyrie, ganhava peso, mas ela, sua irmãzinha Brielle, tinhas poucas chances de sobrevivência. Os médicos da UTI Neonatal tentaram de tudo, mas quá, ela só piorava. Lembraram-se, então, de um procedimento estranho, adotado em outros país. Contrariando normas do hospital, puseram Brielle na mesma incubadora do irmãozinho Kyrie. Inesperadamente o bebê Kyrie, saudável, colocou seu braço esquerdo sobre sua irmã (fotos na revista Life), num gesto carinhoso. A circunstância fez normalizar, rapidamente, o nível de saturação de Brielle. Para assombro e perplexidade da equipe médica Brielle progrediu, ultrapassou as dificuldades e, em poucos dias, foram os dois irmãos para a casa dos pais. A última notícia dessas crianças é que já estavam saudáveis, em idade pré-escolar.

Se o abraço tem virtudes terapêuticas eu preciso encontrar esse remédio.

Viva o abraço, mas cuidado com o abraço dos políticos, eles estão infectados de hipocrisia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *