CORRESPONDÊNCIA RECEBIDA

Prezado amigo Papa Berto,

Tenho a felicidade de lhe informar que meu soneto, SER HUMANO, foi um dos trinta selecionados e recebeu Mensão Honrosa, entre 997 poemas inscritos no 1° Concurso de Poesia da Academia Montes-Clarence de Literatura, Montes Claros – MG, Poesia em tempos de Quarentena.

E foi o único selecionado do estado de Pernambuco.

Ficaria muito feliz de vê-lo publicado no nosso querido e tão prestigiado Jornal da Besta Fubana.

Um forte abraço.

SER HUMANO

Esse clima de horror, tão obscuro,
Colocou-nos num mundo em aperreio.
A mãe terra ficou com ar mais puro,
Vendo a flora e a fauna sem receio.

Ser poeta é viver em devaneio,
Enxergando pro mundo um bom futuro,
Mas por tudo que vejo, eu já não creio,
Que o planeta terá lugar seguro.

Nesses dias do tal distanciamento,
O desejo é sair do sofrimento,
Mas curar todo o mal é ledo engano.

De que forma teremos esperanças?
Que futuro daremos às crianças?
Se o problema da terra é o ser humano?

2 pensou em “ISMAEL GAIÃO DA COSTA – RECIFE-PE

Deixe uma resposta