CORRESPONDÊNCIA RECEBIDA

Minha modesta contribuição para o bem estar da Chupicleide e do Polodoro.

Se sobrar uma raspinha, um ossinho para a Xolinha.

R. Meu caro amigo e leitor fubânico, Polodoro e Chupicleide relincharam juntos de tanta alegria.

E Xolinha chega arreganhou a tabaca de tão satisfeita.

Nossa estimada cachorra já me pediu pra comprar uma saco cheio de ossos.

O trio fubânico, Polodoro, Chupicleide e Xolinha, está fazendo a maior zorra aqui na redação, comemorando o seu depósito e rogando praga contra quem não faz o mesmo que você fez.

Brigadíssimo, meu caro.

Sua doação será valiosa pra pagarmos as despesas com hospedagem neste mês de julho.

Vocês leitores são a fonte de sustentação desta gazeta escrota, que não dispõe de qualquer patrocínio, seja público ou privado. Ou da privada.

Espero que seu exemplo seja seguido e venha a abrandar o coração dos unhas-de-fome, dos miscos, dos pirangueiros, dos miseráveis, dos avarentos, dos sovinas, dos fominhas, dos mãos-fechadas, dos unhacas, dos muquiranas e dos somíticos.

Um grande abraço para toda a comunidade fubânica daí dessa bela e maravilhosa Santa Catarina!!!

Deixe uma resposta