CORRESPONDÊNCIA RECEBIDA

Berto,

Minha modesta contribuição para o bem estar da Chupicleide e do Polodoro.

Abraço.

R. Nenhuma contribuição é modesta e todas são valiosas pra manter esta gazeta escrota no ar, meu caro.

Chupicleide relinchou com vigor e Polodoro sorriu de arreganhar os beiços.

Os dois fizeram a maior festa. A alegria dos dois foi enorme

Chupicleide ficou de joelhos na sala da redação e fez uma promessa pro seu santo, pedindo que ele abrandasse o coração dos pirangueiros e dos miscos que relutam em dar uma ajuda pra pagar os salários dela, sempre atrasados.

Gratíssimo meu caro!!

Polodoro rindo e Chupicleide rinchando com as doações dos leitores caridosos

Deixe uma resposta