JESUS DE RITINHA DE MIÚDO

És maravilha de encanto
Em canto, versos e prosa
Bebida maravilhosa
Para o meu paladar santo.
Quero cobrir-me com o manto
Do teu cheiro, teu sabor
Aquecer-me em teu calor,
Ao acaso fumaçando
E caso o caos ajudando
Quero te chamar de amor.

Quero sentir teu olor
Despertalar teu segredo
Um a um, logo!, bem cedo
Quero cheirar tua flor.
E se abençoado eu for
Tua pétala mais discreta
Guardarei na mais completa
E perfeita discrição
Pondo cor no coração
Deste teu pobre poeta.

10 pensou em “FLOR CAFÉ

  1. Jesus Ritinha de Miúdo é desses poucos poetas que nos emociona e nos permite ser personagem principal, só para provar das sensações tantas, que a dança das rimas, inebradas de palavras certas, causa a seus leitores.
    É ler seus versos e passar o dia inteiro lendo-os vez por outra só para alegrar as horas, para encher de candura os corações que de tanta solidão já esqueceram disso.
    Torcendo por mais vezes o poeta visitar esse espaço e nos brindar com tanta beleza!!!
    Meu café nunca mais será o mesmo!

  2. Cabra BOM? …CAFé, CAFetina, CAFetão…No JBF o cabra é “bom de verso”… No rendez-vous do Tio Berto, Jesus mostra que é “bom de prosa”. E ousam chamar tal sujeito de MIÚDO.

    Cabra bom uma “ova”!!!!!!!! O cabra é PRA LÁ DE ÓTIMO, meu povo!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    Ninguém é Jesus por mero acaso…

  3. Assim seja, amém!

    Jesus expõe a todos, a dica pra um preliminar aquecimento coloquial logo ao despertar…

    Não tem quem resista.

    Este tem o DNA do Seridó na veia. Que maravilha!

  4. Jesus, criatura, acho que você já deve ter umas mil poesias! Cada uma mais linda do que a outra. Está na hora de compilar todas em um livro para lançamento na 1ª festa de agosto pós-vacina e pós-pandemia.!!!!

  5. Eita, que coisa mais linda, este seu poema, prezado poeta Jesus de Ritinha de Miúdo!

    Tem cheiro de café e gosto de amor! Parabéns, grande poeta!!!

Deixe uma resposta