DEU NO JORNAL

Alexandre Garcia

O governador de São Paulo, João Doria, voltou de Miami um dia após ter viajado para lá. A justificativa oficial é que o vice dele, Rodrigo Garcia, testou positivo para Covid-19. Mas Garcia tem 46 anos; Bolsonaro aos 65 anos continuou trabalhando quando se infectou. O prefeito de São Paulo, Bruno Covas, tem câncer e mesmo assim seguiu trabalhando.

Por isso, tenho dúvidas se esse é o real motivo da volta de Doria. Provavelmente, ele deve ter decidido retornar porque percebeu o descontentamento de seus seguidores nas redes sociais após o governador decretar alerta vermelho na cidade como medida contra a pandemia e ir para os Estados Unidos.

Será que o vírus entra em recesso nas festas de fim de ano? Esse alerta vermelho é limitado aos dias 25, 26 e 27 de dezembro e 1º, 2 e 3 de janeiro – apenas serviços considerados essenciais poderão funcionar nessas datas.

Doria pretendia ficar dez dias em Miami com a esposa. Chegou a ser fotografado de madrugada embarcando, em Guarulhos. Mas ficou somente algumas horas em solo estrangeiro. Eu lembrei daquele filme do Júlio Bressane que se chama “Matou a família e foi ao cinema”; com Doria seria “Fechou São Paulo e foi a Miami”.

* * *

Mais dinheiro para propaganda

João Doria aumentou em 70% a verba de publicidade do seu governo. Acredito que nenhum chefe de governo precisa de tanto dinheiro destinado à propaganda. As obras do governo, por si só, deveriam ser mais eloquentes que qualquer ato de marketing. Só é preciso trabalhar bem. Se alguém precisa de propaganda para se promover é porque está trabalhando mal.

2 pensou em “FECHOU SÃO PAULO E FOI PARA MIAMI. ESTRELANDO: JOÃO DORIA

  1. Dória postou um vídeo de chorar. Disse que a viagem estava programada para fazer 2 conferências. Mas logo no período de festas? Mas logo depois de ele aumentar a quarentena?

    Se quisesse ter parecido honesto, teria feito um anúncio público ANTES de viajar.

    Pareceu um guri de 12 anos pego em flagrante de masturbação.

    Realmente foi um tiro no pé. Deu munição ao Jair Saliva. Numgosteinecas.

    Como se diz: a mulher de César não tem apenas que ser honesta, precisa parecer honesta.

  2. Doriana, calça apertadinha, aumentou a verba de publicidade para comprar a imprensa como lularápio fazia diuturnamente.
    Foice de SP, Estadinho, Veja, etc. podem comemorar inserções do Doriana com o dinheiro dos impostos do Povo.
    Hospitais, postos saúde, ambulatórios sem verbas e lotados.
    Este é o empulhador Doriana.

Deixe uma resposta