EDITOR IGNORANTE

Esta manchete saiu ontem, dia 12, no jornal Valor Econômico.

Como o nome já está dizendo, trata-se de uma gazeta especializada em economia.

Como sou analfabeto neste assunto, gostaria que os bem informados leitores fubânicos me explicassem que danado significam estas três possibilidades para esta tal de Selic:

Subir, Cair ou Ficar parada.

Agradeço antecipadamente a quem puder esclarecer este Editor ignorante.

15 pensou em “EDITOR IGNORANTE

  1. Olha, meu caro Editor Berto, me desculpe a sinceridade, mas logo se vê que você não entende nada de economia.*

    O Valor Econômico é o maior veículo de mídia na área econômica do Brasil e pertence ao Grupo Globo e isso não é brincadeira.

    É tão bom que, quando JB editou a MP que liberava grandes empresas da obrigação de publicar balanços em grandes jornais especializadas; o Valor foi até o Rodrigo Botafogo Nhonho Maia fazer caducar a MP.

    Se O Valor disse que a taxa Selic vai aumentar, diminuir ou permanecer igual, eles têm analistas muito bem pagos que estudam, buscam informações e pesquisam para chegar a esta importante conclusão que vai levar os investidores a grandes negócios.

    Acho que nós devemos nos restringir apenas a esta nossa Gazeta Escrota.

    Não temos capacidade para entender o que ocorre na grande mídia.

    * Alerta de ironia.

  2. Bom como a Dilma é economista, logo isto deve ser de alguém que foi seu colega de curso, que deve ter simplificado o assunto pois seria assim a manchete:

    A Selic que for para cima é que vai subir, agora se for para baixo é que vai cair, mas senão se mexer é que ficará parada.Tudo depende do estoque de vento que está na caixola destes analistas, que continuam louvando a mandioca e dobrando a meta Quem sabe talvez louvando a meta e dobrando a mandioca,ou ainda meta a mandioca e dobre o vento e louve o estoque.

  3. gente
    que raio de manchete é essa?
    é do Valor Econômico mesmo??
    A Dilma é economista agora, não foi o Lula que escreveu porque senão tinha sumido alguma coisa.
    essa nem o Tiãozinho, frequentador assíduo do bar do Zé que fica perto da minha casa entendeu, e olha que ele é economista de números e garrafas.

  4. Essa Selic funciona com hermética completude, de modo que tudo o que pode acontecer com ela está previsto pelas leis da economia. Só critica isso quem acha que a Selic poderia também ir para os lados, para trás e para a frente, o que é cientifica e matematicamente impossível, restando apenas três opções e não seis. Economia não é para principiantes.

  5. ***
    Caro Editor,
    Como já dito anteriormente, o Valor pertence às organizações Globo.
    Dito isto, nada mais há a ser dito.
    ***
    Acresço, porém, que a atual política de “juro baixo e dólar alto” é preconizada pelo nosso Guedes.
    Assim, o governo está conivente com a alta do dólar. E, vendo o lado bom, faz isto para atrair o investidor externo e, também, incentivar o mercado exportador provendo-o de “competitividade adicional” a partir do preço da moeda.
    Ocorre que, o intervencionismo estatal na formação de preços (Selic, dólar e outros menos sabidos) traz via de regra assimetrias e desfuncionalidades. Tanto é que, na 1a semana de fevereiro, o fluxo estrangeiro foi positivo com ingressos no montante de US$ 3,698 Bi, dos quais US$ 2,298 Bi de financeiro, surpreendentemente, contudo, o dólar subiu!
    Isso mostra que o preço está sendo artificialmente inflado a partir do mercado futuro de dólar e, se ocorrer qualquer evento de crescimento maior de consumo, será refletido em aumento de preços ao consumidor (inflação) o que obrigará o governo a subir a Selic, dando início a outra espiral inflacionária.
    Delfim tentou e não deu certo, o nosso Guedes conseguirá?
    ***
    Fugindo aparentemente do assunto, mas ainda nos domínios dele.
    A intervenção estatal na taxa Selic está fazendo o poupador pessoa física arriscar-se no mercado de ações.
    Fato que todos os livros sérios de investimento apontam como o prenúncio de um crash.
    ***
    Por fim, não pense que tiro essas informações de mim mesmo, mas do economista Sidnei Moura Nehme que escreveu na data de hoje (13/02/2020), no site da NGO Corretora de Câmbio, o texto “Dicotomia entre comportamento da Bovespa e do dólar sinaliza incoerências e riscos!”
    ***

  6. Eu achei um negócio da porra essa manchete. É como marcar um jogo triplo na loteria esportiva. Aconteça o que acontecer você ganha. No interior tinha um pessoal que fazia “telepatia”. Era um truque engraçado. A partner ficava no centro da roda, sentada numa cadeira e olhos vendados. O “artista” perguntas e ejá “adivinhava”.
    Um dia Renato Aragão reproduziu esse quadro em Os Trapalhões. As perguntas: “esse relógio que o rapaz está usando é de pulso ou de parede?”, “Em que parte do corpo desse jovem eu estou tocando? Fale logo pra não assanhar o cabelo dele”….enfim: o valor econômico fez mais ou menos isso.

Deixe uma resposta