DEU NO JORNAL

Camarins com luz de cromoterapia, decoração interna baseada no feng shui, área VIP, quatro banheiros, caixas de som com 343 mil watts de potência, elevadores hidráulicos e 24 metros de comprimento.

Esse é o trio elétrico alugado pelos organizadores dos movimentos de esquerda contra o presidente Jair Bolsonaro, informou nesta sexta-feira, 1°, o jornal O Estado de S. Paulo.

Conhecida como Demolidor, a estrutura custou R$ 100 mil aos locadores.

* * *

Fiquei curioso pra saber de onde sairão estes 100 mil pra pagar o aluguel dessa parafernália…

Mas essa curiosidade sobre o pagamento do aluguel é bem menor que outra curiosidade que me veio à cabeça.

De todos os detalhes do trio elétrico citados na notícia aí de cima, um que me chamou particularmente a atenção foram os tais “quatro banheiros”.

Será que os cagatórios instalados no veículo têm capacidade suficiente pra receber a bosta que será despejada pelos zisquerdóides que irão participar do evento?

Tanto a bosta excretada pelos furicos quanto a bosta, volumosíssima, que será excretada pelas bocas dos participantes.

Sei não, sei não…

Desconfio que, com apenas quatro banheiros, haverá um tenebroso colapso cagatífero durante o ajuntamento de descerebrados.

Deixe uma resposta