A PALAVRA DO EDITOR

15 de outubro, Dia do Professor.

Tá escrito aqui na folhinha que me serve de agenda.

Quando comecei a fazer minhas anotações para o dia de hoje, me veio à lembrança a composição “Professora”, da autoria de Benedito Lacerda e Jorge Fáraj.

Uma música na qual o apaixonado declara seu amor por uma professora primária.

Uma letra tocante, comovente, que eu curto desde os meus tempos de adolescente.

É esta aqui:

1 pensou em “DIA DO PROFESSOR

  1. Parabéns pra você também. Professor Berto.
    Homenagear à todos Professores com uma música linda e com uma letra tão singela e tocante.
    Como os compositores de antigamente tinham uma facilidade para descrever seus sentimentos.

    Mestre Berto. Lembrei-me de outra música muito significativa para o dia de hoje.
    “A professorinha” do inigualável Ataulfo Alves. Acho que o nome correto é “Meus tempos de criança”. Alumia minha mente, por favor. Meu eloqüente propedeuta.

    Gostaria de parabenizar também. Todos colunistas, leitores e comentaristas. Sendo professores ou não. Felicidades!

Deixe uma resposta