AUGUSTO NUNES

Humberto Costa explica por que o PT enxerga uma democracia em Cuba e uma ditadura no Brasil e nos Estados Unidos

“Nos EUA,Trump vem dizendo que não aceitará ser derrotado, pois a votação por correio “é uma fraude”. Aqui no Brasil, Bolsonaro já disse que as eleições são fraudadas nas urnas eletrônicas,que o elegem desde os anos 90. O que os dois têm em comum? Nenhuma prova”.

Humberto Costa, senador do PT de Pernambuco, conhecido pelo codinome Drácula no Departamento de Propinas da Odebrecht, no Twitter, explicando como pensa o partido que tratou como “golpe” o impeachment de Dilma Rousseff, mas pediu o impeachment de Jair Bolsonaro e FHC desde o primeiro dia de governo.

7 pensou em “DEMOCRACIA PETISTA

    • Não é o problema do Costa (é um petista sujo) mas, a verdade: qual prova há de que as eleições foram fraudadas? O Trump fala porque está perdendo, mas o JMB ganhou…

      • Rapazes….. Ví hoje uma foto na qual o Presidente está ao lado de Fernando Collor em uma solenidade em Alagoas. O presidente declarou “fiz um convite e ele aceitou”.

        Não acreditei. Mas notícia estava lá:

        Em Piranhas, Bolsonaro disse que o Brasil é “uma pátria abençoada”. “Acompanhamos a política externa. Ninguém tem o que temos. Para dizermos que isso é nosso, passa pela conscientização de cada um dos cidadãos brasileiros.”

        Durante o evento, Bolsonaro estava acompanhado do senador e ex-presidente da República Fernando Collor (Pros).

        “Fiz um convite, e ele aceitou. Com muita satisfação, está integrando nossa comitiva. É o nosso senador Fernando Collor, também um homem que luta pelos interesses do Brasil e, em especial, do seu estado”, afirmou.” (Folha de SP, hoje – com foto e tudo)

        E o Moro é que era o traidor? Quem será o próximo convidado nordestino do Bolsonaro: Renan e Collor já foram. Quem sabe vai tomar um Guaraná Jesus com o Dino? Ou comer buchada com o Ciro?

        Alô Sancho, alô João Xará.

        • Valeu, Bolsonaro!!!!! Agora abraçado ao Caçador de Marajás em Alalgoas…

          Qual o problema em abraçar um senador da República (Collor ou Renam)? Renam e Collor foram eleitos de forma democrática pelo povo de Alagoas. Representam um importante estado da federação.Se algo há contra eles que se cobre de quem neles votou para o Senado e das autoridades que possuem poder para de lá retirá-los.

          Inclusive votei nos dois: em 1989 no Collor, na campanha Color vs Lula e em 2018 na campanha Bolsonaro vs Lula. Possuo o péssimo hábito de votar no menos ruim…

          Ah, e em 2022 cravo Bolsonaro de novo, novamente e outra vez.

          Aqui em SBC vou de tucano para prefeito em 2020 (Morando vs Luiz Marinho). Sempre votando no menos ruim…

          Quando irão criar um partido de direita para Sancho ser feliz?

          Abração, Francisco.

          • Sancho, eu já ví aqui no JBF inúmeros ataques ao Collor, ao Renan, etc.

            Não aceito esse caminho. Votei no JMB por ser o menos ruim. Valeu até por não permitir a manutenção dos governos dos petistas.

            Mas com essas atitudes do JMB?

            Abração amigo

  1. Bolsonaro vai (se não já surpreendeu) surpreender o Brasil todo:
    – Traiu as promessas de campanha
    – aliou-se ao Centrão
    – Juntou-se ao Renan, e ao Collor.

    O que mais falta? Me respondam. E não c=veno=ham com o argumento da curripção. Ele está corrompendo-se em prol da reeleição. Se reeleito, vai governar como?

Deixe uma resposta