CORONAVIRUS

Não bastasse a torcida de parte dos brasileiros pela derrocada da economia, e do atual governo, eis que o mundo se assusta com a ameaça do coronavirus que começou na China, até onde se suspeita pelo consumo de sopa de morcego, e tende a se espalhar pelo mundo. A OMS – Organização Mundial de Saúde colocou o alerta em “alto nível” e as economias, grandes ou emergentes, já estão contaminadas. O medo do coronavirus é tão grande que dois caras entraram com mascaras numa padaria e o pânico foi geral. As pessoas querendo se levantar para ir embora, até que um dos caras disse; “todos quietos que isso é um assalto!”. Os clientes relaxaram!!!! “Ufa!. Ainda bem!”

Como disse acima, as economias já estão contaminadas. Na China, além do número de óbitos, a quantidade de infectados passa de milhares, daqui a pouco serão centenas de milhares, e isso tem provocado uma redução drástica na produtividade da economia porque as pessoas estão assustadas e sem sair de casa, reduzindo o consumo nas lanchonetes, restaurantes, etc. que, em contrapartida, reduzem suas encomendas da indústria e a economia cai. A China trabalha, hoje, com menos da metade de capacidade produtiva. Dessa forma, países com operações comerciais com China sentem o tranco. O Brasil, por exemplo, tinha acabado de formalizar um acordo com a China chegando, inclusive a montar uma estrutura comercial tendo como líder uma pessoa com conhecimento na economia chinesa. Quem quer tocar num produto vindo da China? A Samsung, aqui, prevê impactos negativos na produção de seus equipamentos porque grande parte dos componentes vem da China.

Nesse contexto, a loucura que se viu com a valorização do dólar tem uma causa externa e não, essencialmente, de falhas na economia brasileira. A situação está ruim pra todos. As bolsas de valores caíram no mundo inteiro. Só nos Estados Unidos uma cesta de ações, com cerca de 7 mil ações, perdeu US$ 6 trilhões (mais ou menos o tamanho do PIB do Brasil) fazendo o preço de mercado das empresas cair mais do que 10%. Os 500 maiores investidores do mundo perderam US$ 444 bilhões. Os três mais ricos do mundo (Jeff Bezos, Bill Gates e Bernard Arnaud) perderam US$ 30 bilhões e nenhum deles está culpando a política econômica do seu país. Acho interessante que nos Estados Unidos o Banco Central, popularmente chamado de FED – Federal Reserve, declarou que vai apoiar o mercado reduzindo taxa de juros para estabilizar a economia. Ninguém está botando culpa no governo, nem os oposicionistas estão crucificando Trump por isso.

Aqui no Brasil, a taxa de juros básica está em 4,5% ao ano, o Banco Central reduziu a taxa do depósito compulsório para 25%, injetando mais de R$ 40 bilhões na economia e as manchetes dos jornais falam apenas que o “Brasil perdeu US$ 80 bilhões” em fuga de capital, como se estes recursos estivessem saindo pela fragilidade da economia e do governo. O pior de todos os blog, como o DCM, é o Brasil 247 (2+4+7=13, precisa explicar?) que publica um monte de imbecilidades para um monte de leitores imbecis propagarem como verdades.

O momento é grave. As empresas chinesas estão sufocadas precisando de crédito e os bancos reticentes em emprestar com medo de não receber de volta. O governo chinês injetou US$ 175 bilhões para incentivar a economia, mas tem que gastar uns US$ 40 bilhões para tratar do vírus. A montanha de dinheiro injetada não convence as pessoas irem às compras. Então, cabe lembrar que Obama autorizou a liberação de 400 pesquisadores para tratar do surto de ebola na África. Lá o tempo de óbito era 24 horas após a contaminação. Portanto, o que se sabe é que há um grupo de pesquisadores trabalhando para encontrar uma vacina, mas isso demora um pouco para se efetivar. Se isso fosse aqui a burocracia só iria permitir a vacina depois de uns 10 anos.

Então, o objetivo desse texto é esclarecer que nós não somos culpados pela mobilidade de capital. A apreciação do dólar (desvalorização da moeda local) está ocorrendo no mundo inteiro, inclusive na região do euro. A taxa de desemprego está caindo e fechamos janeiro passado com um superávit primário (saldo das contas públicas excetuando juros) de R$ 40 bilhões. Esse saldo quando positivo serve para pagar juros e reduzir a dívida pública. Agora, não adianta colocar propostas que o congresso não aprove.

O governo atual não sabe negociar com o congresso. Precisa pagar pedágio como fazia o PT e não falo de aprovar emendas parlamentares, nomear apaniguados para cargos de direção em estatais de modo que eles possam recolher dinheiro para o protetor, etc. eu falo de dar dinheiro em caixa de sapato, mandar doleiro lavar dinheiro, fazer triangulação com offshores em paraísos fiscais. É assim que funciona. Faça isso e o governo pode propor a revogação da lei da gravidade que os caras aprovam, mas sem dinheiro fácil, deputado não vota. Claro, há raríssimas exceções.

10 pensou em “CORONAVIRUS

  1. Texto de arrepiar. Quanta safadeza, não? Do menino retirante pobre, sindicalista vagabundo, esperança de um país, maior chefe de quadrilhas já mais visto, investigado, julgado e condenado, mas solto, esta foi a trajetória dele, um ‘’MULAMBO’’ de gente condenado a passar o resto de sua vida na cadeia. É só uma questão de tempo…

  2. A chantagem do congresso é escandalosamente obscena, caro professor Assuero.

    Nem Rodrigo Maia, nem Davi Alcolumbre, nem os demais picaretas do Centrão, estão preocupados com o Brasil e os brasileiros.

    Infelizmente ainda vamos conviver por muito tempo com o ranço do coronelismo, do toma lá dá cá, do fisiologismo, com tudo que não presta e com o apoio de seis ministros canalhas do Supremo Tribunal Federal.

    Tudo no Brasil ficou sucateado na ERA LULA, essa figura execrável que, se sumisse amanhã no escuro do oceano só a GLEISI dele iria se lembrar, ou não!

    • Cícero, Botafogo deixou de pautar a medida provisória que dá carteira estudantil. Temos no Brasil 8,4 milhões de estudantes de ensino superior que pagam, em média, R$ 35,00 reais pela carteirinha. Isso representa R$ 294.000.000,00 por ano nos cofres da UNE. Todos os presidentes da UNE são filiados ao PCdoB. “Lindinho”, Renildo Calheiros, etc….esse dinheiro financia o PCdoB e a UNE não presta conta disso a ninguém. Eu entendo que deveria ser dado o direto do aluno escolher se quer de graça ou se quer pagar R$ 35,00. Graças só seu Rodrigo Maia.

      • Concordo com o nobre professor Assuero!

        Tem de dar o direito de escolha ao estudante. Toda compulsoriedade é nociva ao direito de escolha, a não ser naqueles casos em que a constituição o prever como necessária!

        Tá certo!

        O PCdoB e a UNE são uma ditadura disfarçada de liberdade. E só fodem os necessitados ou descerebrados.

  3. Caro Sr. Maurício, uma pequena, mas importante correção a favor do Governo.

    A taxa de juros Selic está em 4,25%. A Taxa de desemprego que chegou a quase 13% ao final do governo do PT agora está em 11,2 e caindo.

    Então vale tudo para diminuir o otimismo econômico nem que para isso se prejudique a maioria da população, especialmente a mais pobre.

    A celeuma em torno do coronavírus eu entendo que é muito provocada para gerar pânico e gerar lucro para algumas pessoas.

    Ao final acho que não passará de uma gripe e que o número de mortes não será diferente das outras gripes, que por acaso sempre começam na China.

    Temos que nos manifestar, sair dos teclados e ir para as ruas, pois é ali que o recado do povo repercute mais.

    • JF, tem razão quanto a Selic. Foi erro de digitação. Eu sigo muito a OMS. Conheço pessoas que trabalham lá e comi estudo Economia da Saúde, entendo as implicações desse surto. Precisa tratar. As pessoas precisam voltar a consumir senão a economia da China quebra e o resto do mundo vai junto.

      • Vamos aguardar para ver o resultado deste surto.

        Desconfio que veio para uma finalidade política.

        Até agora o número de mortes mostra que está dentro das estatísticas de outras gripes.

        O Brasil é o primeiro país de clima tropical onde ela entra.

        É evidente que o surto está afetando a economia.

        No fundo é a economia que decide o futuro do mundo.

        • O pior é comércio exterior. Ninguém quer tocar em produto chinês. Nós Estados Unidos, tem uma cerveja chamada Corona que, segundo li, está perdendo vendas.

        • Se há uma notícia boa no comércio exterior é que os chineses agora deixarão de comer morcego e outras iguarias macabras e passarão a comer carne bovina. Também não deixarão de comer soja.

Deixe uma resposta