A PALAVRA DO EDITOR

Caros leitores:

Hoje, quarta-feira, continuo sem sinal de internet.

Isso porque está tudo pago e em dia…

Vou ver o que diz o Procon.

Estou fazendo esta postagem daqui do meu celular.

Assim que a conexão for restabelecida, nossa gazeta escrota voltará a ser atualizada.

Conto com a compreensão de todos vocês.

Bom dia.

9 pensou em “CONTINUAMOS FORA DO AR

  1. Caro Papa, se a sua fornecedora de internet for a “Morta” que tem por nome fantasia ” Vivo” lamento informar que cheguei a ficar 15 quinze dias seguidos sem o devido fornecimento de acesso a internet, sob a alegação de problemas tecnicos , até que resolvi cancelar meu contrato , espero que não seja esse o caso.

  2. Mestre Berto, bom dia!

    Infelizmente, tenho de compartilha nesse momento de sua angústia.

    Comigo aconteceu exatamente o mesmo no início desse ano!

    Eu era cliente leal da VIVO mortinha, mas cancelei, pedi ajuda ao caçador de recompensa Loirinho e a executei à bala.

    Desse dia para cá, contratei os serviços da TIM LIVE, e por enquanto, tudo está nos trinques, funcionando como devem ser os serviços da iniciativa privada.

  3. V.I.V.O. Berto
    (Vingador Indomável desta Vivo Ordinária) Berto:
    É bom resolver logo esse despautério, pois a abstinência do Jornal da Besta Fubana pode levar-me, num acesso de impulso suicida, para fora do mundo dos vivos.

  4. Sei não, mas isso tá me cheirando a armação do Cabeça de Ovo. Foi só a urubuzada tomar conhecimento da “Reza Braba das 13 Horas”, que Xandão resolveu agir rápido para quebrar a corrente.

  5. Vou medir quantos metros de corda precisarei e pedir autorização a Enel , já que o poste é dela.
    A vacina não me matou ,mas a falta do jornal já beira a tortura. Haja calmante!.

  6. Também já fui assinante, infelizmente, da vivo… passei mais ou menos uma semana sem Internet. Eles diziam (alegavam) que o problema era na minha casa. Depois de uma semana DESCOBRIRAM que o defeito era na caixa de distribuição. É claro que cancelei depois de ser assinante por mais de seis anos. Consideração deles é ZERO.

Deixe uma resposta