CORRESPONDÊNCIA RECEBIDA

Caro editor Luiz Berto:

Um alerta aos eleitores tabacudos que se deixam levar pela emoção em época de eleição por palavrórios demagogos e abraços traiçoeiros de candidatos bandidos pleiteadores de cargos eletivos.

Veja no que dá estar sempre vigilante para eleger políticos de reputação ilibada, de bom caráter, honesto, pensante na construção de uma sociedade mais justa, onde todos são iguais perante a Lei, sem distinção de qualquer natureza: raça, cor, sexo, religião, o caralho.

Mais uma vez a deputada federal por Brasília, Bia Kicis, de conduta ilibada, protocolou um PL 3.787/19 na Câmara dos Deputados, obrigando advogados de grandes corporações a provarem a origem lícitas de honorários advocatícios recebidos ao Coaf, como o fazem bancos, seguradoras e casas de câmbio. (clique aqui para ler)

Na sua justificativa a deputada federal assegura que advogados fazem parte de um “grupo muito suscetível de receber recursos financeiros oriundos de atividades ilícitas”.

A OAB e suas ORCRIMs, que nunca fizeram nada a bem do Brasil e apoiam a maior Organização Criminosa da História da Humanidade, vão fazer de tudo para jogar na lata do lixo esse PL moralizador.

Aguardemos!

A deputada federal por Brasília, Bia Kicis, em Plenário da Câmara

Deixe uma resposta