CABÔ-SE OS PATROCÍNIOS

A média de gastos anual da Petrobras com patrocínios na era Dilma foi de cerca de R$ 248 milhões.

Durante o governo Temer caiu para R$ 152 milhões.

E no primeiro ano de Bolsonaro, mais ainda: R$ 48,6 milhões.

* * *

Que pena…

Eu tava doidinho pra arranjar um patrocínio da Petrobras pra esta gazeta escrota.

Bastava um décimo de um milhão. Nada mais que isto.

Agora, com esse governo fascista comandando a nossa estatal, perdi totalmente a esperança.

Vamos continuar no miserê de sempre, sobrevivendo apenas com as generosas doações dos nossos leitores.

Eu acho que nem mesmo o influente leitor Ministro Boca-de-Buceta vai conseguir ajudar a gente…

4 pensou em “CABÔ-SE OS PATROCÍNIOS

  1. Podem ter certeza que destes 48 milhões que ainda restam muito se deve a contratos antigos que não podem ser quebrados. Vai diminuir mais ainda.

    Não justifica uma empresa estatal em um monopólio que só extrai petróleo fazer propaganda.

  2. Por isso que o povão que votou naquele partido que na verdade era comandado por bandidos não aceita mais as mentiras de sempre deles.

Deixe uma resposta para Chatonildo Cancelar resposta