XICO COM X, BIZERRA COM I

Nas conversas que travo com meu Notebook eu nunca faço hoje o que posso deixar pra depois. Não vale a pena salvar bobagem e ocupar memória com coisas que não agregam, que nada acrescentam à vida. Para que ficar remoendo as mágoas, as dores, os ressentimentos, as desalegrias e os desgostos se posso deles me livrar? Prefiro ocupar o HD de minha memória afetiva com o que de bom vivi. E assim configurei meu coração e criei uma senha secreta que só ela e eu temos acesso. Arquivos da dor, deleto-os todos. Mando-os à lixeira. Prefiro acessar os programas da alegria e gargalhar no site das coisas boas. Sob o domínio da felicidade, sonho forró e danço xote cheirando o seu cangote. Num intervalo, envio ZAPs de amor a quem amo e até a quem não gosto muito. Minha senha secreta não conto pra ninguém (só eu e ela sabemos). Ao resto do mundo, apenas digo que começa com Paz e termina com Amor. Indeletável, pois.

Todos os Livros e a maioria dos Discos de autoria de XICO BIZERRA estão à disposição para compra através do email xicobizerra@forroboxote.com.br. Quem preferir, grande parte dos CDs está disponível nas plataformas digitais. Visite nosso site: www.forroboxote.com.br

6 pensou em “ARQUIVOS DA DOR

  1. As boas coisas se auto-becapam, Professor. Mas não custa nada guardá-las, por precaução, num pendrive eterno ou, melhor ainda, nas nuvens da felicidade …

  2. Estimado poeta Xico,

    Prazer imenso em ler mais uma coluna sua e poder comentar, coisa que o trabalho nem sempre me permite fazê-lo, mas estou ligado.

    Xico é gênio, Dr. José Paulo Cavalcanti tem razão. Sabe expressar os sentimentos com razão e emoção, sem torná-los enfadonhos.

    Abraços, Mestre!

Deixe uma resposta