CORRESPONDÊNCIA RECEBIDA

Caro Berto

Estou passando à editoria desse hebdomadário a foto anexa, com a sugestão de publicação, especialmente visando despertar nossos preclaros administradores públicos para a notável campanha que devem encetar notadamente considerando que o assunto Covid já está perdendo atratividade.

Quem sabe, até, o nosso estimado Boca de Veludo, nos seus tremeliques, baixe um edito tornando obrigatório ‘out-door’s ‘ como este.

Seria uma glóriaaaaaaa!!!

R. Meu caro, fiquei enojado quando li o escrito contido neste carta que você nos mandou.

Meu estômago ficou embrulhado.

A ânsia do vômito foi tão grande que tive que sair correndo atrás do meu pinico.

Puta que pariu!!!!!

15 pensou em “ARAEL COSTA – JOÃO PESSOA-PB

  1. Extremamente nojento. Uma vaia bem grande prá turma da marcha à ré. Mas, como diria o “finado” Goiano: “não importa a opção sexual, o importante é gozar”. rsrsrs!

    • Como diria o “finado” Goiano: em 2022 vote 22.

      Como não consigo “abraçar” essas modernidades e cabra macho para mim só serve para abraços e aperto de mão, continuarei a beijar garotas (não tão garotas), pois as garotas do Leblon já não olham mais pra mim.

      Mas (cada um com seu cada um), sigo torcendo para que não se torne obrigatório o Berto e o Beni darem beijo de língua em nenhum marmanjo. kkkkkk

      • “As garotas do Leblon já não olham mais pra mim”.

        Apesar de estar com ressaca pelos 4 x 0 de ontem também não consigo digerir essas modernidades ou “modernitudes” .

        O Arael andou tomando sopa de letrinhas antes de enviar a correspondência. Alguém já foi consultar o Google.

        Comecei bem no JBF com a coluna saudosista do Percival.
        O título se encaixa perfeitamente aqui e em tantos outros descalabros que temos acompanhado.

        “QUANDO AINDA NÃO NOS HAVIAM ENLOUQUECIDO”.

        • Ainda bem que se “As garotas do Leblon já não olham mais pra mim”, a garota de Curitiba sempre tem algumas frases para me ofertar.

          Aos 30 passei três anos morando com uma amiga no Leblon e deu para vivenciar “in loco” e “in louco” o clima festivo daquele povo que curte a vida adoidado ao som da plim-plim…

            • Veja essa, Schirley,

              No instituto de pesquisa Data Besta Bolsonaro sempre está próximo dos 90% de intenções de votos.
              Em outros institutos os números são outros. O instituto de pesquisas de opinião pública Brasmarket, divulgou pesquisa de intenções de votos para presidente da República.
              Bolsonaro vence em qualquer cenário, 1o e 2o turnos. Este o resultado, postos em confronto, candidaturas já anunciadas: Bolsonaro, 34,8%; Lula, 19%;
              Em seguida alinham-se Moro,7%;Ciro, 5,2%; Doria, 2,4%. Simone Tebet, 0,3%; Brancos e nulos somam 12,5%, não sabem, 17,7%.

    • Não se preocupe Beni. Coisas de Sancho. Ele ontem passou por abstinência dos cocos só isso.
      Já, já ele volta ao normal.

      O que me preocupa é que Berto ficou calado em relação a sugestão.
      Isso realmente preocupa. Fique esperto.

      • Ontem não foi abstinência, mas overdose de cocos, pois estava a torcer muito pelo rubro-negro e Hulk & Cia encheram as redes paranaenses de cocos e a overdose só não foi maior porque os em alvinegro tiraram o pé.

        Escreveu Schirley: Berto ficou calado em relação à sugestão…

        Estará a considerar aderir? Ou…

        …talvez Berto esteja tentado a repetir a frase da garota Greta: “How dare you!”

        • Adoro “cutucar” você de leve.
          Eu sei que você torceu (existem coisas que não precisam ser ditas). Sei também que “tiraram o pé”. Não precisa me lembrar disso.

          O Berto vai reagir. Acho que não se deu conta ainda.

          Muito calor hoje. Não estou em um bom dia. Ouvi muito, repetidamente a Danna ontem. Dormi ouvindo.

          “Give me one moment in time”.

          Sempre e sempre e sempre

  2. Hebdomadário, segundo vi no Google (fui lá para saber o que diabos era isso), é um periódico de frequência semanal.

    O caro Arael de J. Pessoa está querendo sugerir o quê para o JBF? Sai pra lá meu. Caro Berto desconsidere esta sugestão do Arael, viu? rsrsr

Deixe uma resposta