A PALAVRA DO EDITOR

Luiz Gonzaga do Nascimento, Exu-Pe (1912-1989)

Hoje, 13 de dezembro, Dia de Santa Luzia, é aniversário de Luiz Gonzaga, o Rei do Baião.

Ele encantou-se há 31 anos, deixando uma saudade enorme na Nação Nordestina e em todo o Brasil.

As homenagens deste Editor a esta grande figura.

E, para encher de magia o nosso domingo, vamos ouvir “Hora do Adeus”, uma tocante composição de Onildo Almeida, em homenagem ao saudoso ídolo:

6 pensou em “ANIVERSÁRIO DE LUIZ GONZAGA

  1. Dia 13 de dezembro abençoado.
    Santa Luzia protetora dos nossos olhos e que nos dá a luz.

    Não por acaso Luiz Gonzaga nasceu nesse dia. Nordestino, Pernambucano, iluminado pela luz que lhe deu um dom incomparável e único.

    Salve! Santa Luiza! Salve! Luiz Gonzaga!
    Salve! Você, Berto. Por prestar essa justa e carinhosa homenagem.

    Mês de dezembro é repleto de Santos e Santas da Igreja Católica.

    Pra mim, tem uma muito especial também. Que é Nossa Senhora da Conceição. Comemorado no dia oito de dezembro. Data em que fiz minha primeira comunhão, aos oito anos de idade. Parece que foi ontem.

    Como eram importantes essas celebrações.
    Valores inestimáveis que foram se perdendo no implacável tempo das ignomínias mudanças de padrões de educação, respeito, religião e família.

  2. Bela homenagem, Berto.

    Há exato 108 anos nascia em Exu-PE, Luiz Gonzaga, o Rei do Baião, que enfrentou o preconceito e o ostracismo à época, mas sempre soube estar onde o povo estava.

  3. A propósito, lendo à recordação que o editor do JBF presta aos leitores do jornal, aproveito a deixa para informar que o médico alagoano Eraldo Cavalcante(Maceió), que enviou, hoje, um poema para este JBF que foi publicado(Correspondência Recebida), ele faz aniversário no mesmo dia do Rei do Baião. Outrossim, Dr. Eraldo é o maior colecionador alagoano dos discos BOLACHÃO de Luiz Gonzaga(todos originais), como também se destaca por colecionar rádios antigos brasileiros e internacionais, possuindo um acervo de mais de 100 aparelhos valvulados. E o que é curioso: todos funcionando!!!

  4. Seu Luiz Gonzaga certamente foi a maior expressão da música nordestina. Honrou a Coroa 👑 de Rei até o último instante da vida. Saudades de “Seu Lua”.

  5. Prezado Editor Luiz Berto:

    Parabéns pela linda e emocionante homenagem, prestada por você a Luiz Gonzaga, o nosso eterno Rei do Baião, nesta data, 13 de dezembro de 2020, dia de Santa Luzia, em que ele completaria 108 anos..
    “Hora do Adeus”, composição de Onildo Almeida, retrata, fielmente, a vida desse grande artista, que há 31 anos foi chamado para o plano espiritual, deixando uma grande lacuna na música brasileira..

    Grande abraço.

  6. Bela homenagem para o maior artista nordestino em todos os tempos.

    “Luiz Gonzaga foi historiador, sociólogo, filósofo e sobretudo o poeta que soube como ninguém traduzir na música as angústias, a saudade e as alegrias do seu povo” Eraldo Cavalcante.

Deixe uma resposta