XICO COM X, BIZERRA COM I

Cantemos as lindezas todas, deixando no lixo as impurezas da maldade e o mau cheiro do que não serve para o bem. E em cada luz que encontremos em nossa ‘buscação’ saibamos ser grandes para dividi-la com os que não a tem. Que sejamos sábios para repartir o bem maior que existe entre os homens: o AMOR. Que se achegue o 2021 e que ele seja bom pra nós todos. Menos medonho que 2020, com todos esses coisos e vírus que estiveram soltos por aí. Que O NOVO ANO venha e chegue logo. Pode se avexar que eu ‘tô de braços abertos aguardando sua chegada, com um balaio de esperança e fé de que dias melhores virão e que virá um bom tempo. Venha! Precisa nem bater na porta, é só chegar, entrar e se abancar. ‘Tô lhe esperando com roupa branca de Paz e sorriso de ‘urêia a urêia’. Que venha contigo a cura que o mundo precisa e que os anjos aproveitem a viagem e sejam portadores da Paz que tantos necessitam e da sabedoria que a alguns falta. Abração para todos que bebem esperança e respiram alegrias.

LUZ!

5 pensou em “ADEUS, ANO VELHO. HÁ DEUS, ANO NOVO

  1. Xico Bizerra, estou me lembrando de uma definição de felicidade: ” Felicidade é uma criança dormindo e sem febre.” Aceite o abraço do Famigerado.

  2. Genial, Xico. Esse adeus em dois tons! Que não lhe falte inspiração pra atenuar a angústia daqueles que não sabem se expressar poeticamente

  3. A felicidade está no interior de cada um, meu caro Assuero, independente da Poesia, que saibam ou não expressá-la verbalmente. Continuemos poetizando interiormente: faz bem à alma e ao coração. A definição de Famigerado para Felicidade é perfeita. Só complementaria: e acordando feliz, também sem febre. Abraço a todos.

  4. Bernardo e Vinícius, dois anjos do bem.

    Eles já são a felicidade e a esperança também.

    Nasceram trazendo paz a esses dias turbulentos, onde os homens – sempre eles – provocam a natureza e essa lhe dá o troco. O danado é que todos pagam: os bons e os maus.

    Abração, grande poeta! A Bernardo e Vinícius e a todos que pensam o amor como construtor da igualdade.

  5. Obrigado, Cicero. Aos 2 anjos se juntará um terceiro, ainda sem nome, mas já com suas 5 musiquinhas prontas, a exemplo do que ocorreu com Bê e com Vini. Pense num avô babão rsrsrs Chegará em Naio, SDQ.

Deixe uma resposta