ARISTEU BEZERRA - CULTURA POPULAR

Poesia é a saudade
Da dor da separação
Nasce do pomar do peito
Pra fazer germinação
Peça da estrada que enfeita
O museu do coração.

João Paraibano (1952-2014)

Poesia é a estrela
Herdada da antiguidade
Nasceu do parto da luz
Doída como a saudade
E ninguém tem o direito
De saber da sua idade.

Sebastião Dias

Com pintura e poesia
Nossa festa está completa;
Não tem quase diferença
Do pintor para o poeta:
Eu trago a imagem abstrata,
E ele a imagem concreta.

Geraldo Amâncio

Admiro a exuberância
De um poeta em cantoria
Com a tempestade de versos
Que num instante ele cria
E as nuvens do seu juízo
Soltam raios de improviso
Riscando o céu da poesia.

Leo Cruz

Eu gosto tanto do xote
E da poesia divina,
Quando eu começo a cantar
Sinto que a voz se afina,
Penso que nunca adoeço
E que a vida nunca termina.

Moacir Laurentino

7 pensou em “A POESIA NOS VERSOS DOS REPENTISTAS

  1. Excelente a seleção de versos com o tema poesia. A Poesia é um texto poético, geralmente em verso, que faz parte do gênero literário denominado “lírico”.Ela é dividida em versos que, agrupados, são chamados estrofes. As origens literárias da poesia apontam que ela nasceu para ser cantada, por isso a preocupação com a estética, a métrica e a rima. Os bons repentistas sabem tornar o público cativo pelo versos bem feitos e belos.

    • Messias,

      Agradeço o seu comentário com o conceito de poesia utilizando uma forma objetiva, simples e com clareza própria de quem conhece profundamente o assunto.Quanto aos bons repentistas, lembro-me que o meu tio Genival dizia o seguinte:”Só leve um amigo para assistir uma boa cantoria, pois se os repentistas forem fracos nunca mais ele vai querer assistir uma apresentação dos poetas do repente”.

  2. Foi uma alegria ler estrofes bonitas sobre a poesia. Ficaria em dúvida para escolhor a melhor, entretantano considero a mais interessante a de João Paraibano: Poesia é a saudade/Da dor da separação/Nasce do pomar do peitoPra fazer germinação/Peça da estrada que enfeita/O museu do coração.

    • Vitorino,

      Muito obrigado pelo excelente comentário. Concordo sobre a beleza dos versos da sextilha de João Paraibano (1952 – 2014). Gentileza gera gentileza, então compartilho uma sextilha de João Paraibano quando completou 25 anos de viola:

      Andei vinte e cinco anos,
      Nesta estrada tão sofrida.
      Cheia de espinhos e flores,
      Ressaca, sono e bebida;
      Tapando o rosto da morte,
      Mostrando a feição da vida.

      Saudações fraternas,

      Aristeu

  3. Parabéns pela excelente postagem, “A POESIA NOS VERSOS DOS REPENTISTAS”, prezado Aristeu! As estrofes são todas lindas e cheias de lirismo! Entre elas, destaco a primeira, do poeta João Paraibano:

    “Poesia é a saudade
    Da dor da separação
    Nasce do pomar do peito
    Pra fazer germinação
    Peça da estrada que enfeita
    O museu do coração.”

    Uma ótima semana, e um 2021 cheio de ,Saúde e Paz!

    Violante Pimentel Natal (RN)

  4. Violante,

    Grato pelo seu valioso comentário. João Pereira da Luz, mas conhecido como João Paraibano (1952 – 2014) foi um poeta e repentista paraibano, que viveu muitos anos em Afogados da Ingazeira no Sertão Pernambucano. João nunca frequentou escola, mas sempre criou seus versos de improviso, foi um dos principais repentistas do país, e participou de dezenas de festivais pelo Brasil inteiro. Compartilho duas estrofes do genial João Paraibano com a prezada amiga:

    A juventude não dá
    Direito a segunda via
    Jesus pintou meus cabelos
    No final da boemia
    Mas na hora de pintar
    Esqueceu de perguntar
    Qual era a cor que eu queria.

    Toda a noite quando deito
    Um pesadelo me abraça
    Meu cabelo que era preto
    Está da cor de fumaça
    Ficou branco após os trinta
    Eu não quis gastar com tinta
    O tempo pintou de graça.

    Uma excelente semana, e um ano de 2021 pleno de paz, saúde, serenidade e alegria

    Aristeu

  5. Obrigada pelos lindos versos de João Paraibano, compartilhados comigo, prezado Aristeu! ! Adorei!

    Feliz 2021! Muita Saúde e PAZ!

    Violante

Deixe uma resposta