A DESEMPODERADA

Eu só quero meus direitos
Não queira me adestrar
Eu não sou empoderada
Nem quero me igualar
Minha vida eu comando
Não tenho bandeira e bando
E gosto de me guiar.

Os mesmos direitos do homem
Confesso não quero ter
Não quero ter falo e saco
E nem ter que endurecer
Meu brinquedo é de montar
O do homem é de armar
Quando enguiça é um sofrer.

A mãe tem sempre certeza
Que o filho que gera é dela
Porém o pai muitas vezes
Acaba numa esparrela
Cria o filho sem ser seu
Isso já aconteceu
Vi na vida e na novela.

Não quero ficar mais tempo
No mercado a trabalhar
Pra me comparar ao homem
Na hora de aposentar
Não estou de sacanagem
Quero ter essa vantagem
Enquanto ela vigorar.

Gosto de mijar sentada
Não quero mijar em pé
Gosto de usar calcinha
Não me vejo de boné
Não quero ficar careca
Nem também usar cueca
No meu tino tenho fé.

Mas uma coisa eu digo
Expondo minha postura
Eu gosto de ser mulher
E sem previsão de cura
Nisso não vejo entrave
O HOMEM É MINHA CHAVE
EU SOU SUA FECHADURA.

Deixe uma resposta

  1. O problema é que homem gosta de usar chave micha(bump key) em todas as fechaduras que pode , e as vezes em casa sua chave “mixa” ( de mixuruca) !.
    Mas é bom não ter que usar o pé de cabra porque fechadura também enguiça.
    Tem uma renca de “políticas ” que aparecem neste jornal que alem da fechadura enguiçada ainda tem trinco. Bons tempos em que homem era homem, mulher era mulher, e viado era mais comportado. Hoje até homem é eleito miss , e tem gente achando sexy um tal de Phabullo lá do Maranhão !.

    • É verdade, Joaquim, boto fé nesse seu depoimento. Só que, a chave que sai tentando abrir muitas fechaduras, deixa sua fechadura exposta e também sujeita a arrombamentos. E completando, quem usa sempre a esma chave não corre o risco de encarar um pé de cabra. Mas nada é de se admirar nos dias atuais.

  2. parabens dalinda a verdadeira mulher empoderada e aquela que sabe do seu valor , eparamostrar seu vaçor o fazmostrando este e nao blefando contra o que deus criou com suas diferenças

  3. Alberto, o que mais me incomoda nos dias atuais é quererem que você se alie a um grupo e o tal patrulhamento. Não sou piolho nem Maria vai com as outras.