4 pensou em “A CANHOTA É A MESMA LÁ E CÁ

  1. Este presidente da Comissão Federal Eleitoral dos EUA equivale ao Presidente do nosso TSE, o Barrosão.

    Vamos ver se o nosso “Boca de Veludo” vai se manifestar. Ele esteve nos EUA acompanhando a eleição e logo que chegou disse que lá estava tudo ok!

  2. Mas o secretário chefe da comissão de informática disse que não houve fraude. Foi demitido pelo Trump.

    Não adianta, o pior cego é o que não quer ver. Já há senadores e deputados republicanos aconselhando o Trump a aceitar o resultado, diante das seguidas derrotas que ele está tendo na justiça e nas comissões eleitorais dos estados.

    Ele está navegando em barco com furo no fundo.

    • Francisco, afinal, o Presidente da comissão federal eleitoral (o TSE de lá) afirmou ou não que houve fraude e baseado em que?

      Provar fraudes na área de informática é muito difícil, pois sem o voto impresso fica difícil.

      As empresas Dominion (nos EUA) e Smartmatic (responsável pelo BR dentre outros) estão juntas, atuam fora dos EUA. Vão ser investigadas e depois muitas coisas podem vir à tona.

      Se for provado, a Nova Ordem Mundial explode.

      Vamos aguardar antes de falar coisas erradas.

      • Parece que o presidente da comissão federal eleitoral se baseou nas “denúncias” de Trump, porque Trump afirmou que diversos observadores republicanos foram “impedidos” ou “bloqueados” no acompanhamento da contagem dos votos, a campanha do mandatário moveu processos judiciais em diversos Estados alegando tais interrupções, mas… a maioria deles foi negada pelas cortes locais, enquanto a imprensa norte-americana não confirmou nenhum incidente do tipo.

Deixe uma resposta