O CAUSO DE PÊDO E VIVELDA

Pense num moído (grande) de namoro apaixonado.

Pensou?

Pois bem.

É o jovem matuto Pêdo, ingênuo, donzelo e cheio de boa-fé, ajustando uma chumbregança com a graciosa Vivelda – uma mocinha brejeira de pele louçã e feição angelical, mas, sapeca na paixão.

Deixe uma resposta