14 pensou em “UM VERGONHOSO CASO DE POLÍCIA NA OPOSIÇÃO TOGADA

  1. Isso não pode e nem vai dar certo.

    Um ministro do STF impedindo o PR de suas atribuições legais.

    Quem então estará na diretoria da PF? O cargo está vago e é fundamental para a PF e o país.

    Alexandre de Moraes que indicará o substituto usurpando a atribuição do Bolsonaro?

    E depois dizem que JB é o golpista.

    Alexandre de moraes não aceita que JB foi eleito com quase 58 milhões de votos (oficiais) e está no cargo de PR para exercer plenamente a função até 31/12/2022.

  2. Parece que só tem um jeito disto acabar . É o povo indo para as ruas , …………….com o que tiver nas mãos. Legalidade é estrita obediência as leis, não subserviência a criminosos , mesmo togados que descumprem a lei.

  3. Que tal alguém procurar como citado processo ilegal começou ?
    O que aconteceu antes na superintendência da PF do RJ ?
    Quem foi que entrou com um pedido no STF para proibir a PF de ter acesso a dados do COAF e que o Tofolli aproveitou pra interditar TODAS as investigações da PF que tiveram acesso a dados do COAF e que começou a crise que acabou na saída do Moro ?

  4. Bem então porque o PR não peitou o ministro do STF, como o Renan já fez e vida que segue? ficou com medinho?
    Nós elegemos um PR, ou um saco de batatas?

    • Porque ele sabe que qualquer atitude intempestiva lhe dará mais um pedido de impedimento , enquanto que , para um senador ser cassado …

  5. O cabo véi nº 20 – Arael, da 23ª CSM – turma de 1955, está pronto para atender à convocação para recolher esses ilustres magistrados ao lugar que lhes cabe – o xilindró.
    Falta apenas um praça para lhe acompanhar, um velho jeep e os competentes cassetetes, desnecessários o velho sabre e a charmosa Colt .45-1911, pois à sua vista esses moços decerto se transmudarão em “celsos de mello”, escorrendo pelo meio fio ou adubando o jardim em frente do pretório que envergonham.
    O danado é a concorrência para pegar essa missão…
    A fila vai dar para formar uma Divisão!

Deixe uma resposta