DEU NO TWITTER

* * *

Tive notícias de um outro país onde está ocorrendo este mesmo tipo de safadeza.

Essa farsa horrenda e criminosa.

É um lugar chamado Banânia, onde existe uma imprensa funerária e onde milita uma horda de babacas que vive torcendo pra tudo dar errado dentro do país.

Neste lugar, o país de Banânia, sumiu até o mosquito da dengue.

Só existe uma única doença que provoca óbito: a tal da covid-19.

7 pensou em “UMA SAFADEZA PAVOROSA

  1. E verdade este bilete! Na Itália fizeram um estudo sobre as notificações das mortes DE doença chinesa e o resultado foi de 5% do total geral.

    Há uma diferença entro uma pessoa de morre DE Covid, para outra que morre COM Covid.

    Também há casos, e não são poucos), de pessoas que morreram de doenças respiratórias, atropelamentos, doenças cardíacas, câncer, Aids e no atestado médico saiu Doença
    Chinesa.

    Para efeito de comparação é só ver que todas estas causas de mortes descritas acima diminuíram em 2020 em comparação a 2019.

    Ainda teremos muitas revelações a respeito de mais este escândalo relativo à Doença Chinesa que veio ao mundo para um propósito de escravizar a população mundial

  2. Estudo encontra números de COVID inflacionados do CDC em 1.600%
    Um estudo revisado por pares afirma que os Centros de Controle e Prevenção de Doenças – CDC, dos EUA, violaram a lei federal ao inflar os números de mortalidade por Coronavírus.
    Os números foram inflados em pelo menos 1.600%, de acordo com a Public Health Initiative do Institute for Pure and Applied Knowledge, que publicou o estudo intitulado “COVID-19 Coleta de dados, comorbidade e legislação federal: uma retrospectiva histórica”.
    O estudo afirma que o CDC violou deliberadamente várias leis federais, incluindo a Lei de Qualidade da Informação, Lei de Redução de Papelada e Lei de Procedimentos Administrativos, informou o Arquivo Nacional.
    https://www.wnd.com/2021/02/study-finds-cdc-inflated-covid-numbers-1600/ JBF 14/02/2021

  3. DECO, à divergências; e tão radicais que dizem que isso aí é fake news, ou, no poppular, mentira mesmo.

    https://g1.globo.com/fato-ou-fake/coronavirus/noticia/2020/09/02/e-fake-que-pesquisa-revelou-que-so-6percent-das-mortes-atribuidas-a-covid-19-nos-estados-unidos-foram-mesmo-causadas-pelo-coronavirus.ghtml

    A mensagem falsa diz assim: “Pesquisa norte-americana mostra que apenas 6% das mortes foram por coronavírus efetivamente. Sendo a pesquisa correta, das 120.828 mortes anunciadas no Brasil, aproximadamente 7.250 são realmente devido à Covid-19”.

    Isso, meu caro, é o reflexo da desinformação, mas, pior, do negativismo, que põe em risco a vida das pessoas.

    Jair Messias Bolsonaro e Donald Trump queriam que a população acreditasse que isso aí não é nada, “vai morrer gente? vai, mas morre de gripe e de acidente de trânsito também, vamos deixar de viadagem etc.”. Assim, a economia não seria prejudicada e seus governos estariam a salvo do afundamento.

    O pior, velho, é que pode ter aí uns cinquenta e sete milhões de viventes acreditando e difundindo, o que constitui o maior índice de cumplicidade de todos os tempos no mundo inteiro desde a época dos dinossauros até estes tempos de jacaré.

  4. Dies ist eine Lüge, mein lieber João Francisco, José Roberto, Joaquim Francisco, Deco, Claudia Wild und wer sonst könnte sich für den engen Weg der Wahrheit interessieren.
    Schon mal an diesen Quellen und den Informationen gezweifelt?
    Dann stellt man sich nämlich ganz andere Fragen.
    Wer bringt solche Falschmeldungen in Umlauf und zu welchem Zweck?

  5. Dieser Reitschuster ist bereits bekannt und deshalb ist es notwendig, vorsichtig mit dem zu sein, was er sagt, um nicht an falsche Dinge zu glauben.
    “Glauben heisst nicht wissen wollen” Herr Reitschusters Geraune hat leider (wie so oft) genau 0 Belege für irgendwas, der angebl. Arzt widerspricht gar der These “es sei angeordnet”, fabuliert von “vorauseilenden Gehorsam”. Übr.: #clickbait via Halbwahrheiten ist keine VT

Deixe uma resposta para DECO Cancelar resposta