TUDO JUNTO E MISTURADO

O advogado Geraldo Prado, suspeito de ter recebido R$ 1,5 milhão do PCC para entrar no STF contra uma portaria do Ministério da Justiça, foi testemunha de Dilma Rousseff no processo de impeachment.

Ele também produziu pareceres para a defesa de Lula na Lava Jato.

* * *

O assunto é tão escandaloso que o Ministro Moro chegou a declarar que esperava que “isto não fosse verdade”.

Alguém aqui duvida que é verdade?

Só mesmo Ceguinho Teimoso é quem vai duvidar.

Pois fique certo, Senhor Ministro, que isto é verdade.

PCC e PT são farinha do mesmo bisaco.

É tudo junto e misturado!

Deixe uma resposta