DEU NO TWITTER

* * *

Uma ministra do órgão maior da justiça recebe em sua casa Nhonho e Batoré, num lauto almoço.

Deixa de ser gente, vira uma urubu togada e se reúne com dois guabirus nojentos, dois ratos asquerosos.

Pra tratar de política.

Isto é a Republiqueta Federativa de Banânia em estado puro.

A ânsia de vômito é muito grande.

Fico com o estômago embrulhado.

E tenho que sair correndo atrás do meu pinico.

É pra arrombar a tabaca de Xolinha!!!

9 pensou em “SUPREMO CABARÉ BANÂNICO

  1. Perguntando aos amigos, não foi essa vetusta senhora, parente do vampiro brasileiro que esfregou, digo, declinou a constituicão na posse do presidente da Republica?? O Presidente tem de seguir a Constituicão, Ministra não acata, apenas le a constituicão para que outros a sigam.

  2. E a Juíza Ludmila foi execrada na imprensa, pode ser avertida pelo CNJ por postar uma gravação em que tomava um sorvete num shopping sem máscara (Oh!).

    Falta pouco para o cabo e o soldado serem acionados

  3. O pior de tudo, é que não acontece nada, isto estimula este bando de urubus a seguirem em frente, cada um tem sua própria Constituição e segue o barco, se depender do Senado, nada muda (todos tem rabo preso no STF), Nossa única saída, é o cabo e soldado (art. 142), mas isto,nem pensar, os generais de hoje, não tem a coragem de Newton Cruz, um Geisel ou um Castelo Branco. Resumo: estamos fudidos e mal pagos.

  4. 2- Proferir julgamento, quando , por lei , seja suspeito na causa . A que se pensar e inventar uma “interpretação artística ” para o caso de muitos “julgamentos ” .

Deixe uma resposta