38 pensou em “SONHO CANHOTO ESTÁ REALIZADO

  1. O Ministro STF “Carmem Miranda” deve estar orgulhoso de seu feito.

    Tem aquele ex comandante da PM, um coronel filiado ao PSOL, que anda tranquilamente em todas as áreas dominadas.

    Mas o UOL e o Goiano dizem que a violência diminuiu. Os cariocas são prisioneiros das quadrilhas que dominam o tráfico.

    Ana Cristina, que levou 2 tiros para defender seu filho de briga entre gangues, que o diga. Ela é um efeito colateral pequeno para as esquerdas.

    • João Francisco, eu não digo que a violência diminuiu, eu digo que fontes fidedignas afirmam que houve uma redução de 70% de mortes com a (relativa) proibição de ações policiais nas comunidades (favelas).
      Por outro lado, pessoas nas redes sociais afirmam, de suas próprias cabeças e não de alguma fonte fidedigna ou indigna, só da própria cachola mesmo, que o que diminuiu 70% foi a morte de bandidos, porque como a polícia não entra os bandidos estão vivinhos da silva, o que é um raciocínio sem lógica, porque se o que morria antes era só bandido então não havia violência e mortes entre a população trabalhadora.
      Agora, diga, João Francisco: quando a polícia entrava à vontade, antes, não havia casos de Anas Cristinas? Esses casos começaram a acontecer ou aumentaram depois que as entidades sociais, muitas delas das próprias comunidades, pediram ao STF a providência, que foi tomada?
      O Bolsonarismo, quando sobe à cabeça, a inunda de falácias.

      • De acordo com seu raciocínio torpe de adEvogado que não exerce a função, a situação do RJ hoje com a bandidagem transformando a capital em um narcoestado.

        Engraçado que não deixa de morar em Petrópolis, integrante do Estado nazi-fascista de Direita, para residir nessa maravilha de país criminoso que se desenvolve no Brasil como um tumor maligno.

        Boiano só não sofisma quando não respira.

        ₢ E parabéns ao STF hoje por mais uma vez, como guardião da Constituição, atacá-la dessa vez no princípio da indissolubilidade da República Federativa do Brasil emancipando o RJ para ser assumido pelo narcotráfico (Beira-Mar já está escalado como constituinte do novo país do Rio de Janeiro).

        • ERRATA: “De acordo com seu raciocínio torpe de adEvogado que não exerce a função, a situação do RJ hoje com a bandidagem transformando a capital em um narcoestado É UMA MARAVILHA! É UM EXERCÍCIO DE DEMOCRACIA NUM ESTADO NAZI-FASCISTA QUE ODEIA MULHERES, NEGROS, ÍNDIOS, GAYS, NORDESTINOS, DROGADOS, ESTRANGEIROS, ETC, ETC, ETC…”

      • Goiano, Ana Cristina deveria ser mais reverenciada do que a Mariele, pois morreu ao salvar seu filho. Ela foi alvejada por dois tiros, não existe “bala perdida”. Foi executada porque? Estava atrapalhando a ação dos bandidos?

        Segundo a Veja desta semana, hoje o CV no RJ tem 50 mil soldados do tráfico. Mais do que a PM RJ. Para acabar com isso vai haver confronto e no meio do confronto haverá mais Anas Cristinas, infelizmente.

        Com a liberação de áreas soberanas no RJ, o PCC quer invadir as “cumunicadishx” do RJ e muita bala ainda vai rolar.

        Com um governo do PSOL, que quer liberar as drogas e portanto legalizar o tráfico, você acha que estes bandidos vão ficar paz e amor e entregar suas armas? Vá sonhando

        • João Francisco, o início de teu comentário, partindo da comparação de importância da morte de uma com a morte de outra, revela que acreditas que não há motivo para tratar com respeito, reverência ou consideração a morte de Marielle Franco, e eu penso que achas isso por teres uma mente conturbada pela doença do anti-esquerdismo.
          Quanto aos confrontos, sim, é verdade os bandidos estão agindo, brigam entre si, a polícia os combate, mata bandidos, bandidos matam policiais, a polícia entra nas favelas, é recebida a bala, bombas e granadas, responde com o poder de fogo de que dispõe… espera aí, estou mudando o rumo, o assunto não é a proibição de a polícia fazer operações na favela, não é mesmo? Teria essa proibição alguma coisa a ver com mortes de pessoas inocentes? O que achas?

  2. Esse “exército” de bandidos poderá praticamente dobrar de tamanho. Se vier a somar os 50mil presos que foram libertados, devido a pandemia. Pelas mãos como sempre, amigas e salvadoras das injustiças cometidas contra essa classe desmerecidamente encarcerada. Continuando assim em breve tempo eles terão o mesmo contingente das Forças Armadas. O Rio de Janeiro será declarado território independente. Terra de ninguém, melhor dizendo, terra da bandidagem, do crime e dos foras da lei. Terá crescimento vertiginoso, em todos setores: tráfico, armamento, roubo, assaltos, latrocínio, assassinatos, sequestros, prostituição, turismo sexual, invasão a propriedade alheia, etc…. Depois que expulsarem todos cidadãos de bem. Receberão de braços abertos, mas, armados até os dentes. Toda corrente, facção, quadrilha, rebeldes, insurgentes, ditadores, tiranos, enfim, criminosos e marginais do mundo inteiro para esse novo paraíso do inferno. Aqui reinarão as trevas e satanás. Com um sistema de justiça rápido, simples e eficiente. Tendo como símbolo exemplar a “pena de morte” onde são artífices e criativos nas formas e nos meios de executá-la. De fato teremos aqui o já batizado “Hell de Janeiro”. Lamentável. Pobre cidade. Pobre Estado. Rezemos para Deus!

    • Luiz Carlos, a tua previsão de caos na segurança pública parece procedente, porque, realmente, se não houver uma ação efetiva do Estado na contenção da criminalidade, pelos diversos meios apropriados, desde ao aprimoramento da polícia e dos setores de inteligência, ao armamento e policiamento ostensivo e à modernização do sistema de aprisionamento, mas também pelo desenvolvimento do processo educacional, o caos já existente haverá de agravar-se.
      Mas, é preciso que quem queira se habilitar a pensar sobre o assunto se muna, também, de alguns conhecimentos básicos, procurar conhecer algo da Filosofia do Direito, para deixar de pensar que condenados pela justiça devem ser tratados com desumanidade. Digo isso a propósito das três primeiras linhas do teu comentdário.

  3. O Rio de Janeiro continua lindo… Espero que os esquerdistas que “batem ponto” diário nesta gazeta nos “ensinem” o quanto é bom para a população carioca ter a “proteção’ de tal exército no dia a dia de uma cidade.

    Fico aqui a “imaginar e temer” que resolvam esses probos e ínclitos “homens das armas” largar as “comunidades” para invadirem e ocuparem a orla marítima nos luxuosos apartamentos e casas da “fina flor da burguesia carioca. Tomara que o comando do tal exército nunca dê tal ordem para seus soldados.

    • Sancho, a respeito dos esquerdistas, eu gostaria de trazer um comentário deveras interessante, que a muitos escapa:
      Os governadores do Rio que não foram presos da década de 80 para cá eram de partidos de esquerda: Nilo Batista, do PDT, e Benedita da Silva, do PT, Leonel Brizola, outro esquerdista do rabo grosso, do PTB e depois do PDT, pela perda da antiga legenda, outro esquerdista do rabo grosso, que não foi preso,o Marcello Alencar, outro esquerdista, também do PDT.
      De modo que talvez esteja na hora de repensar a falácia de que esquerdista é pior do que direitista, pelo exemplo dos que têm governado o Rio, tá no ré?

      • “Se não foi preso, então significa que é inocente.”

        Stalin não foi preso, Mao Tse Tung não foi preso…

        Como eu digo, só não sofisma quando não respira.

      • Direitista na política? Onde? Partidos políticos de direita? Quais? No Brasil só temos políticos e partidos de esquerda. É por estas e por outras que preciso urgentemente que alguém me garanta que o louco sou eu…só para me tranquilizar quanto à sanidade mental dos amigos que escrevem sobre haver direita no Brasil…
        Senhores NÃO há patido de direita no Brasil.
        Políticos de direita devemos ter uma meia dúzia de gatos pingados.

        Bolsonaro seria de direita? Um sujeito que se esgueirou por 30 anos dentro de partidos esquerdistas? Pela ótica direitista sanchiana Bolsonaro é um social democrata.

        Para quem tem dúvida:

        O incrível caso do país sem direita
        Não há partidos conservadores no Brasil.

        Leia mais em: https://veja.abril.com.br/brasil/o-incrivel-caso-do-pais-sem-direita/

        https://veja.abril.com.br/brasil/o-incrivel-caso-do-pais-sem-direita/

      • Señores, não vamos confundir esquerda com extrema-esquerda. Direita não há. Não temos partidos políticos de direita e políticos, se os temos, são no máximo uma meia dúzia de gatos pingados.

      • Goiano, vou transcrever o que disse em uma coluna “Deu no Twitter” logo abaixo sobre a Benedita da Silva:

        Benedita não foi eleita governadora, era vice do Tony Garotinho, que já foi preso.

        Teve pouco tempo para roubar, só nove meses, de abril a dezembro de 2002 (portanto neste século) . Tem 32 milhões de contas bloqueadas pela justiça, por danos aos cofres públicos, do período em que foi secretária do Governo Cabral.

        Benedita foi ministra da Assistência Social do 1º governo Lula e neste período teve uma viagem à Argentina e outra a Washington para participar de encontros evangélicos com o dinheiro do pagador de impostos. Disse que isso era normal.

        Foi demitida em seguida por Lula por absoluta incompetência e ainda lambe os pés do Meliante mór até hoje, o que revela seu caráter subalterno no partido. Nunca mais teve cargos de relevância. Perdeu todas as eleições majoritárias que participou no RJ.

        Brizola? Foi ele quem deu o pontapé inicial para a formação do CV, quando foi o primeiro a proibir a PM se subir os morros, se os bandidos deixassem a população em paz. Deu no que deu.

  4. Caro Sancho, o exército dos Morros invadir o Leblon? E acabar com seus clientes? Jamais.

    Eles convivem, veja o que acontece no Vidigal.

    Óbvio que eles ditarão as regras.

    • Perigo real e imediato – Tomara que você esteja coberto de razão, mas (perigosíssimo mas), suponhetamos e vaginemos que o PCC paulista tome todo o comando em Hell de Janeiro, fazendo da capital fluminense como “escritório”, com seus dirigentes morando nas mansões e apartamentos de luxo de Copacabana, Leblon, ipanema, Barra da Tijuca e fazendo “negócios” apenas em Sampa (mais populosa e endinheirada).
      Confesso que a invasão da orla sempre foi um pesadelo que me acompanha desde que a situação dos morros ficou “fora de controle”.

      A pergunta que um dia se imporá: Por que eu (dono da porra toda, com o poder das armas) moraria em um barraco e o “bacana” ficaria no bem bom?.

      • Sancho, o Chefe do Tráfico precisa morar no morro, com todo o luxo possível, mas no morro, por uma questão de logística, pois vive em constante medo e ameaça.

        Só que (capitalista só que), quem lida com o dinheiro grosso do tráfico muitas vezes não encosta a mão numa arma e vive em condomínios de luxo, longe dos holofotes.

        Quem lava o dinheiro do tráfico? Onde eles investem? Uma parte o PSOL deve saber.

    • Só quem não passou ainda por um arrastão nas praias da Zona Sul do Rio, que depois se estendem às ruas, invadem bares e restaurantes e inundam os coletivos, imagina que está ainda no futuro a invasão dos bandidos nos bairros de cvlassea média e alta do Rio.

  5. O que me deixa embasbacado é ainda um certo colunista fubânico defender ou fazer vista grossa pra permitir a existência desses ultrajes.

    Por mim, era caso do Bolsonaro socar todo esquedista no RJ e fazer um muro em volta da fronteira. Quem viesse pro lado de cá ia tomar tiro. Na hora resolvia essa putaria ideológica.

  6. Quer identificar um direitista completamente ignorante, capaz de inventar mentiras para justificar sua aversão doentia ao esquerdismo? Procure quem faz afirmativas como a de que a existência de um exército de bandidos nas favelas do Rio já é maior do que o efetivo policial de que isso “é um sonho antigo das esquerdas brasileiras”.
    Só um ignorante absoluto pode acreditar que as esquerdas querem instalar o banditismo no País como uma ideologia.
    São pessoas assim que creem no tal Decálogo de Lenine.
    O pior é que tem gente que dá a maior força e publica a besteirada e o gado vem mugindo atrás.

    • Boiano, quem protege bandido, romantiza a bandidagem e demoniza a justiça?

      O direitista ou o esquerdista?

      Guarde sua ruminação semântica pra espaços devidamente indecentes. Aqui você não ludibria ninguém.

    • Goiano, explique o que é “Decálogo de Lenine”? Uma música do grande cantor / compositor pernambucano?

      Nunca ouvi falar desta música

  7. O Rio de Janeiro se pôs de pé para ser o primeiro país independente do mundo – literalmente – administrado pelo crime organizado.
    O primeiro passo já foi dado.
    O passo a seguir será se “desfiliar” da Federação.
    Eu só não compreendo como há gente que encontra desculpas, seja lá em qual “porra” acredite, para achar que algo do tipo está certo ou é normal.
    Não importa o quão inteligente, ou o quanto existe de dialética em alguém, se defende qualquer aspecto do sistema que permitiu lermos tais números esse alguém é um doente.
    Um doente!

  8. Gostaria de saber porque os ditos e autointitulados sapientes dos variados assuntos, com respostas mecânicas para todo e qualquer comentário,sempre pertinentes ou que demonstre com total clareza, objetividade, lisura e verdade. Que: Direita é o certo, é o correto, é o digno, é de boa índole, é bom caráter, é honradez, é Patriota, é Conservador, é Cristão, é Família. Respeita o próximo e a propriedade alheia. Defende as crianças, os seus filhos e os dos outros. Quer dar educação, estudo e conhecimento para eles. É contra drogas, aborto, ideologia de gênero, violência, criminalidade, bandidos, quadrilhas, políticos desonestos. Preza pela saúde, segurança, transporte, habitação, lazer e educação para todos cidadãos. Respeitar seus governantes que se dão ao respeito. Respeitar as leis, a ordem, o progresso. Ter emprego e renda decentes, para sustentar a si e aos seus familiares. Pagar e honrar seus compromissos. Seguir o rumo do crescimento social, da justiça em equilíbrio e consonância na defesa do cidadão de bem. Pôrra, é de indignar essa hipocrisia e esse obscurantismo das trevas em não querer enxergar que é óbvio, em quem é e o que é a Direita. Para não alongar e não me tornar repetitivo. O resumo da ópera é: a esquerda é o contrário de tudo isso. É um câncer assassino que já matou duas centenas de milhões de pessoas e continua matando. De todas as formas e maneiras conhecidas ou não. Mas, matam. Matam sem o mínimo pudor ou arrependimento. Só aqui no Brasil quantas vidas foram ceifadas por causa dessa politização maligna e cruel da pandemia. Vejam o que estão fazendo nos E.U.A. para que o Presidente Trump não seja reeleito. Sem falar a Argentina. Venezuela já afundou há muito tempo e são tão ruins e cruéis que não deixam o povo sair para buscar sua sobrevivência. E a república democrática, que ironia, da coréia do norte. Até hoje não se sabe se o ditador morreu ou não. Como bem diz o HUEnshiro do Norte é puro sofisma. Que também citou sobre vários monstros desse regime nefasto que não foram presos. Porém os rastros de suas atrocidades estão marcados até os dias atuais. Amigo Sancho Pança. Se não houver combate aos marginais com certeza eles vão descer para tomar conta de tudo aqui embaixo. Fazer as mesmas coisas que eles fazem com os moradores e suas casas, seus pertences e seus familiares. Eles se apropriam, invadem seus barracos/residências. Expulsam ou dão outro destino de acordo com seu julgamento. Vimos em outras ocasiões que muitos tem verdadeiras coberturas da zona sul com uma vista mais privilegiada ainda. Não nos enganemos com esses discursos falaciosos. Esquerda e bandidos vem da mesma matriz de DNA. Temos que nos defender e pedirmos a proteção de Deus.

    • Caro Freitas, eu tenho um pouco de dificuldade de ler e interpretar textos longos, sem parágrafos, com tudo emendado. Uma dica: faça comentários mais enxutos e eu poderei entender melhor.

      Portanto não cheguei a uma conclusão sobre seu raciocínio. Afinal, o que v. quis dizer sobre a direita conservadora?

      Mas vou deixar claro uma coisa: a maioria da população do Brasil é de direita conservadora e deve respeitar a maioria dos valores descritos acima no seu comentário.

      O ser humano erra, e muito. Veja, mesmo sendo conservador, acabei votando no Dória e no M. Olímpio aqui em SP. Errei, fazer o que, bola prá frente.

      • Você não errou, João. Eram as opções menos ruins que nos apresentaram.
        O que me deixa “puto” é exatamente isso: vamos para as urnas para ter como opção apenas os menos ruins.

        Não há ninguém que preste nesta porra de país?

        Basta olhar os candidatos a prefeito na maioria da cidades brasileiras e o que veremos? 90% deles querem apenas a chave dos cofres públicos.

        • Pesquisa Fórum, realizada entre os dias 21 e 24 de agosto, em parceria com a Offerwise, apontou que, se a eleição presidencial ocorresse neste domingo, este seria o panorama no primeiro turno:

          Bolsonaro, 41,7%
          Fernando Haddad, 14,8%
          Sérgio Moro, 13,3%
          Luciano Huck, 9,7%
          Ciro Gomes, 7,7%
          Marina Silva, 4%
          João Dória, 3,7%
          João Amoêdo, 2,3%

          O pré-candidato a prefeito de São Paulo Guilherme Boulos (PSOL), líder do MTST, estaria em nono lugar (1,6% dos votos). O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), teria 1,2%.

          Foram entrevistadas 1000 pessoas de todas as regiões do Brasil.

          • Caro Sancho, do jeito que as coisas caminham, o desejo do Faccim e da maioria dos ministros STF vai prevalecer e o Lula vai participar das eleições.

            Se não houver fraude ele fica em terceiro no 1º turno, ainda perde para o Moro, o 2º.

            • Engano seu, pois a entrada do Lula desidrata todos os votos que iriam para os candidatos da esquerda, indo Bolsonaro e Lula para o segundo turno.
              Observe pelo exemplo acima que até o Moro teria menos votantes se o Lula entrasse na disputa.

  9. Direita? Que direita? Alguém conhece algum partido de direita no Brasil?

    Direita no Brasil só existe na vontade e alguns…
    Direitista na política? Onde? Partidos políticos de direita? Quais? No Brasil só temos políticos e partidos de esquerda. É por estas e por outras que preciso urgentemente que alguém me garanta que o louco sou eu…só para me tranquilizar quanto à sanidade mental dos amigos que escrevem sobre haver direita no Brasil…
    Senhores NÃO há patido de direita no Brasil.
    Políticos de direita devemos ter uma meia dúzia de gatos pingados.

    Bolsonaro seria de direita? Um sujeito que se esgueirou por 30 anos dentro de partidos esquerdistas? Pela ótica direitista sanchiana Bolsonaro é um social democrata.

    Para quem tem dúvida:

    O incrível caso do país sem direita
    Não há partidos conservadores no Brasil.

    Leia mais em: https://veja.abril.com.br/brasil/o-incrivel-caso-do-pais-sem-direita/

    https://veja.abril.com.br/brasil/o-incrivel-caso-do-pais-sem-direita/

  10. Vocês me permitam retomar o mote.

    O problema das favelas do Rio começõu no governo Brizola, que, para se eleger prometeu que a polícia não subiria nos morros. Se elegeu e re elegeu.

    Daí para a frente, em que pese a mediocridade da Bené, do Garotinho et caterva, os bandidos já estavam instalados no topo dos morros, de onde podem ver quando a polícia se aproxima.

    Estão em situação de vantagem. E tocam o terror para os moradores, que são obrigados a fazer o que eles querem, comprar o que eles vandem, etc.

    Mais próximamente surgiram as milícias, concorrentes do tráfic e tão violentos como eles.

    Em minha modesta opinião, é preciso usar a inteligência para prender bandidos e apreender armas sem colocar a população em risco.

    Senão vejamos: a polícia sabe perfeitamente onde se situam todas as entradas e saidas dos morros. Basta ficar de campana, monitorando com drones e depois procurando prender os traficantes. Lembro que quando o exército ocupou o alemão, um helicóptero da Globo estava filmando oa bandidos em fuga e o exército não pode fazer nada.

    Outro ponto é fiscalizar as entradas dos morros para impedir os “consumidores” de entrar nas favelas para vender drogas e fiscalizar a saída dos traficantes (perfeitamente diferenciáveis das pessoas comuns)

    Por fim combater as milícias, que todo mundo conhece mas ninguém da PM quer peitar.

    Deve haver mais opções, mas realmente o que falta mesmo é vontade política de governantes, deputados e vereadores.

  11. Caro João Francisco. Agradeço pelas observações e dicas. Não tenho traquejo e nem aptidão de escritor. Se escrevo emendando uma coisa na outra é culpa da minha vontade visceral de querer estar frente à frente as pessoas que não querem enxergar a realidade e usa de subterfúgios e todo tipo de contorcionismo explicativo para ir de encontro a lógica que acompanha o mundo desde os seus primórdios: o que é certo e o que é errado. No meu conceito, além do que já escrevi. Ser conservador é estar do lado do que e certo. Esquerda é exatamente o oposto. Para resumir. Olha só, acabei escrevendo tudo embolado de novo. Espero que dê para entender. Há pouco tempo atrás, a gente escrevia, era o rascunho. Corrigia, passava à limpo e depois dava o seu devido encaminhamento. Para encerrar e deixando meus cumprimentos à você e todos outros comentarista e leitores. Só queria dizer-lhes da minha indignação em deparar-me com essa hipocrisia em defender bandidos. Seja do quilate que for. E as atrocidades que os mesmos cometem. Quem defende bandido é advogado, e muitos se tornam bandidos também. Porque misturam os canais e recebem dinheiro provenientes de crimes, muitos hediondos. Cometidos pelos seus clientes criminosos. Ou então, é bandido também. Os exemplos temos inúmeros no nosso País. Podemos começar pela Constituição Cidadã. Não é mesmo? Forte abraço para todos.

    • Caro Freitas, Escreva do jeito que v. quiser, o mais importante é escrever e participar, pois enriquece o debate.

      Agora eu entendi o que v. quis dizer (com um pouquinho de esforço).rsrsrs

      Eu também já escrevi querendo dizer uma coisa. Por falha das vírgulas, ponto e vírgula, parágrafos e acabou parecendo outra. Tive que me explicar, no fim deu certo.

      É sempre um prazer debater aqui, apareça sempre e um brande abraço.

Deixe uma resposta