DEU NO TWITTER

Júlia Mello Lotufo, mulher do miliciano Adriano da Nóbrega e que já havia afirmado que ele seria morto em uma queima de arquivo organizada pelo governador do Rio , Wilson Witzel, disse que ele teria doado R$ 2 milhões à campanha eleitoral do ex-juiz.

Deixe uma resposta