DEU NO TWITTER

Em São Paulo, um criminoso beneficiado pelo “saidão de Natal” foi preso dez horas depois de ganhar liberdade “para celebrações com a família”.

Ele foi flagrado roubando novamente.

E voltou à cadeia.

* * *

Atendendo a pedido da petista Maria do Rosário, ainda hoje Gilmar deve mandar soltá-lo novamente.

Aí ele pode continuar roubando sem ser atrapalho pela polícia fascista e reacionária.

Se a gente contar uma história dessas lá nos Zistados Zunidos, os galêgos vão se mijar-se de tanto se rir-se das leis banânicas.

É pra arrombar a tabaca de Xolinha!!!

Merece uma salva de peidos do véio Inaço o cabra que inventou essa história de “saidão” pra bandido.

Peida, véio!!!

Deixe uma resposta