3 pensou em “QUE ALÍVIO…

  1. Ele nem tinha arranjado o emprego e já tinha um atestado médico.

    Acho que não iria trabalhar.

    O pior é ver a extrema imprensa “analista” dizer que ele saiu vencedor.

    Perdeu para o Covas, que só não é o pior prefeito que SP já teve pois teve o Haddad antes.

  2. Afinal, para que trabalhar se parte da mídia o apoia e ainda há o “FUNDO PARTIDÀRIO” que sustenta políticos derrotados nas urnas eleitorais?

Deixe uma resposta