DEU NO TWITTER

* * *

Quando ela pronuncia a palavra “cidadão” , no final do vídeo, está se referindo aos assaltantes.

Você intenderam, num é?

O cidadão bandido, trabalhador honrado e exercendo o seu ofício, tem medo da comunidade armada.

Sinceras palavras de uma oficial da PM baiana, fiel e devota seguidora dos ensinamentos da seita lulaica.

A população de Salvador está bem protegida e ela merece ser eleita.

Ceguinho Teimoso, o fubânico especialista em Ciências Lulo-Petralhais, vai explicar tudo pra vocês.

E vamos aplaudir que a candidata petista merece:

11 pensou em “CAPITÃ SHEILA: A CANDIDATA DO PT EM SALVADOR

  1. Agora eu pergunto? Como? Como uma criatura dessa chega ao posto de major da PM? Pior que as opiniões da dita cuja, são as pessoas que a elevou a este posto no oficialato.

  2. Definitivamente a parede está escalando a lagartixa, o poste mijando no cachorro, a rosca entrando no parafuso, o prego batendo no martelo, o papel cortando a tesoura…

  3. Vi o vídeo 10 vezes e 10 vezes duvidei que um integrante de uma força de segurança seja capaz de tal discurso. A cada dia que passa sinto-me mais “burro”. Vou ver mais 10 vezes para ver se entendo algo do que disse a criatura fardada.

  4. Vou explicar, a pedidos da editoria:
    Embora não tenhamos o vídeo completo, quem ouvir dez vezes vai perceber que a candidata à prefeitura da Bahia explica que os bandidos expõem as armas para a comunidade mas não expõem para a polícia, porque a polícia está atuando (ela diz essas palavras, tem de ouvir com carinho, ela diz que eles estão atuando), de modo que se eles mostrarem armas para a polícia, armas que ela em três anos nunca viu, o bandido se lasca porque a PM está atuando. Então, para impor respeito junto à comunidade, para que a comunidade não se atreva a enfrentá-los, os bandidos mostram as armas para a comunidade. Quer dizer, os bandidos têm medo da comunidade e por isso mostram as armas para a comunidade. Para a polícia eles não mostram as armas, porque não têm medo, simplesmente sabem que se mostrarem estão fu. São sutilezas que só as pessoas da esquerda, que têm inteligência aguçada, podem compreender, de modo que sei que a maioria vai ler e não vai entender porra nenhuma, mas não devem se assustar nem se sentirem diminuídos porque isso é geral.

Deixe uma resposta