11 pensou em “FALTA POUCO…

  1. O Sr. Carlos Brickmann vive nos anos 30 do século passado. Disse ontem em sua coluna aqui no JBF que a Argentina é um dos países mais ricos do mundo. Se não acreditam, leiam a coluna dele. Está lá, junto com outras pérolas do tipo.

    • E ontem ele fugiu do debate com o João, que,logo de cara mandou: o número de falácias bateu recordes…

      Supelcral silêncio do outro lado da trincheira…

      • Sancho, O Sr. Carlos escreveu sobre mim e o nosso colega Arthur:

        “Dois babando ovos para quem está no poder conseguem babar mais do que um. ” Depois chamou o Arthur de gordofóbico, logo ele, que se auto denomina de Chumbo Gordo. Vai entender.

        Mas valeu, Sancho, pois tivemos a oportunidade de trocar informações.

        Um Abraço

        • Mas (fujão mas), não rebateu as falácias que você elencou, preferindo ir comentar o texto arthúrico e não o joânico. Simplificou chamando-os do que não são e jamais serão, pois se vierem a babar será de raiva, não de submissão a ovos alheios. Possivelmente não observou aquele colunista que o Arthur, depois do Jair convocar o tal Kássio para o time, soltou todos os cães sobre o homem da faixa.

  2. Cuba, Venezuela, Nicarágua, Argentina…

    Caminhando pela história e pelo globo terrestre observa-se que até as grandes potências não conseguem eliminar diferenças sociais, pois não dá, por vários fatores, erradicar a pobreza. Isto posto, vieram os países comunistas e igualaram seus cidadãos na miséria, poupando, é claro, os integrantes do partido dos donos do poder (esses não podem reclamar da nababesca vida que levam para todo o sempre).

    É impossível não haver pobres? O que fazem os países realmente democráticos? Promovem a meritocracia, ou seja, aqueles que mais se esforçam (estudando, trabalhando, destacando-se profissionalmente em alguma atividade) conseguem mudar sua história e a de seus entes queridos. O JBF exemplifica isto muito bem, pois observando os textos de nossos colunistas e comentaristas, observamos que o que os fizeram os homens e mulheres que são hoje, foram família estruturada, boas escolas que frequentaram e/ou o esforço pessoal de cada um.

    Ou seja, o segredo é haver boa escola, para formar profissionais de gabarito.

    Ganharás o pão com o suor do teu rosto…

    • Regi

      A Argentina está nas mãos dos canalhas socialistas,por isso o tapa chiquinho(em letras minusculas mesmo), não fala nada,ele passa de um mal intencionado.
      Se o capitão cagar fora do penico esse babaca é capaz de vir cheirar a bosta só para dizer que o capitão cagou errado.

  3. Lá como no Brasil o 0,1 % não está nenhum pouco preocupado com o país . Quer mais que ele exploda , afinal as Ilhas Gregas é logo ali .E são eles que mandam .

Deixe uma resposta