19 pensou em “E O CORONATIROS, NINGUÉM FALA NADA NÃO???

  1. segundo a fao ,, so no ano passado morreram quase siscentas mil pessoas pela fome no mundo e ninguem se posicionou quanto a isto , hoje com uma praga de gafanhotos na africa e oriente medio onde as autoridades impuseram retaliaçoes para quem sair de casa os gafanhotos nao podem serem combatidos e portanto estao dizimando as plantaçoes assim como a restriçao de pesticidas para matarem os gafanhotos , em uma onda considerada vinte vezes maior que a 2018 na africa , o unico pais que permite que a populaçao combata os gafanhotos inclusive com pesticidas ea china , e ainda estes imbecis ficam falando nerda .. a fome que vai advir deste virus mutado em laboratorio chines , vai produzir muito mais mortes de fome e de outros males , milhares de vezes maiores que os que morreram devido ao virus , em breve veremos os resultados ,,, aguardem….

    • Eis o que disse Bolsonaro ao ser perguntado sobre a entrevista de Mandetta ao Fantástico: “Eu não assisto a Globo !”

      Economia parada e os fechados estabelecimentos comerciais no Brasil “esbanjando “, uma produção gigantesca de teias de aranha.

    • Até hoje, em Alagoas, têm duas mortes por coronavirus e 33 assassinatos. Eis a dúvida cruel: os alagoanos devem usar máscara ou colete a prova de balas?

  2. Leandro Ruschel não lê o noticiário: houve diminuição de criminalidade no Rio, houve redução de acidentes de veículos, o mundo está respirando melhor porque a poluição da atmosfera caiu. Sancho e Tarciso não sei, mas parece que estão por fora também.

    No Rio:

    “O número de homicídios registrados já diminuiu 35% e o de roubos apresentou queda de 28,6% – o que representa, em média, menos sete homicídios e 134 roubos por dia nas últimas duas semanas.

    De acordo com o estudo, os casos homicídios caíram de 97 para 63, enquanto os de roubos passaram de 2.332 para 1.664. Foram comparados os números dos registros feitos entre os dias 14 e 18 de março, quando já havia casos de Covid-19 confirmados no estado, e aqueles feitos entre os dias 7 e 11 do mesmo mês, período em que ainda não havia nenhuma ocorrência da doença no Rio.”

    Em Teresina, por exemplo, houve redução de 85% de acidentes de trânsito e nenhuma vítima fatal.

    Brasil: 50% dos leitos de UTIs costumam ser ocupados com vítimas de acidentes de trânsito. Esses leitos estão sendo liberados pela redução de acidentes de trânsito.

    Mundo: As emanações gasosas diminuíram consideravelmente no mundo todo, a poluição caiu em razão da redução de veículos em trânsito, da diminuição da fumaça das chaminés das indústrias, da menor quantidade de voos de aviões e até da menor navegação dos grandes navios de passageiros.

    Se alguém tiver dados catastróficos para contestar essas notícias, por favor, indiquem para que possamos saber a verdade!

    • Até hoje, em Alagoas, têm duas mortes por coronavirus e 33 assassinatos. Eis a dúvida cruel: os alagoanos devem usar máscara ou colete a prova de balas?

      • Sancho Pança, ocorre o seguinte, o cabra tuitou que a imprensa deveria estar informando as mortes causadas pelo Covid 19, foi isso mesmo?

        Agora, comentando o teu comentário acima, de 13h14m, e o abaixo, de 13h25m: respondi ao Leandro Ruschel que se ele lê o JBF ficará sabendo que ao contrário de mortes causadas pela quarentena, os dados indicam diminuição de criminalidade, não aumento, e ainda, de lambuja, que a quarentena está determinando diminuição de acidentes de veículos e redução da poluição do ar.

        Isso não significa que devemos voltar aos tempos das cavernas, significa, apenas, que a premissa implícita na questão posta pelo tuiteiro é falsa.

        Quanto ao uso de máscara ou de colete à prova de balas, o recomendado por Jair Messias Bolsonaro é que bandidos usem máscara e policiais coletes.

    • O texto do Goiano significa que devemos retornar à Pré-história, a Idade Antiga, ou à Idade Média? Chegou a hora de largar todo o progresso civilizatório, vestir cada um sua camiseta de algodão com a estampa da cara da Greta Tintin Eleonora Ernman Thunberg, se enfiar em uma caverna e esperar o retorno do estrondoso rugir do Tiranossauro Rex? Medo, muito medo do que ocorre dentro da cabecinha branca do parisino.

  3. Tirando a equipe do presidente Bolsonaro, pouquíssima gente (se a gente tirar da equação as pessoas que nos amam) está preocupada com a sua e a minha vida. No Brasil, temos MAIS OU MENOS 60 mil homicídios por ano e 40 mil óbitos em acidentes de trânsito. São 100 mil vidas perdidas, anualmente, devido a políticas públicas falidas, que só com a chegada deste novo GOVERNO começam a mudar . Mulheres, nos dias que correm, estão com mais medo de seus companheiros do que de pegar o COVID-19. Descontrole da violência urbana e sucateamento das polícias e estradas é comum a todos os ESTADOS DA FEDERAÇÃO…

    Neste amanhecer de século XXI, mesmo sendo uma das maiores economias A NÍVEL mundial, ainda temos mortes por sarampo, por dengue, por gripe, por fome, por falta de saneamento básico, por pobreza em nossas favelas (comunidades) . Temos mortalidade infantil superior a do México, Costa Rica, Colômbia, Vietnã e até da Síria; temos analfabetos, analfabetos funcionais e gerações sem espectativa de futuro, pois foram vítimas do infalível método educacional que vigorava HÁ MUITO TEMPO.

    A única preocupação com o Corona Vírus, a nível estadual e municipal, foi o colapso no sistema de saúde, POIS ISSO PEGARIA MUITO MAL para certos governadores e prefeitos.

    Quando um pai de família toma um tiro, ao ter sua casa invadida, ninguém pede a cabeça do governador. Quando uma família inteira morre em um acidente, QUASE ninguém cobra do governador. Quando uma criança morre de diarreia, em algum rincão do país, QUASE ninguém cobra do prefeito. Quando um menor infrator desgraça a vida de uma família, QUASE ninguém cobra dos que são contra a diminuição da responsabilidade penal. Quando olhamos a cracolândia de São Paulo lotada, a maioria de nós finge que não enxerga E OS DEFENSORES da liberação das drogas se calam.

    Fecharam o comércio, enfiaram o Brasil em uma crise sem precedentes, mas isolamento horizontal REAL que é bom, nada. Se você for à rua verá que o tal confimaneto horizontal jamais aconteceu. Pessoas circulam em supermercados, postos de combustível, etc… E encontrará todos os lugares quase lotados. Não como de costume, mas bem longe de estarem vazios.

    Se você apoia a “quarentena” e acha que tem algum efeito prático, deixo o convite para ir no centro da sua cidade e ver como estão as coisas. E você testemunhará que o baixo crescimento do número de casos não é porque as pessoas estão em casa. Não estão! Bailes funks estão bombando, comunidades apinhadas de gente, com barracos minúsculos repletos de pessoas, filas à entrada de bancos cheias, etc, etc…

    Pra melhorar a situação, descobriram o tratamento com Hidroxicloroquina e Azitromicina, eficaz em mais de 90% dos casos, inclusive em pacientes do grupo de risco.

    Com os Estados Unidos e a Europa parados, imensamente prejudicados pela pandemia, nós temos números de casos extremamente baixos, ampla capacidade de produção de medicamento eficiente e a maior área agricultável do mundo.

    Em um cenário “pós apocalíptico”, somos os mais capazes de fornecer justamente o que o MUNDO mais precisa: alimentar suas barrigas.

    Isso, porém, transformaria Bolsonaro em um estadista. Seria o presidente que, finalmente, colocou o Brasil onde ele deveria estar. Ninguém lhe tiraria a reeleição e, com certeza, ele ainda indicaria um sucessor. MAS ISSO A TURMA DO CONTRA NÃO QUER VER ACONTECER.

    É por isso, só por isso, que estamos “trancados em casa”? É por isso, só por isso, que A TURMA DO CONTRA é tão resistente ao uso da Hidroxicloroquina? DIARIAMENTE FAZEM DE TUDO, E MUITO MAIS para DERRUBAR o presidente?

    Todas as narrativas, até agora, falharam. Mas o medo é extremamente eficaz… Acabaremos falidos ou desempregados, recebendo migalhas, aplaudindo os que causaram NOSSA ruína por MEDO. Não esqueça que uma bala perdida pode te achar até dentro de sua casa. Qualquer imbecil pode elencar, neste exato momento, mais de 10 possíveis causas para você morrer, ainda hoje, sem incluir na relaçaõ uma possível morte por CORONAVÍRUS, afinal, cumprimos o pré-requisito primário para morrer: estamos vivos.

      • “Na vida e no amor, não temos garantias. Portanto, não procure por elas. Viva o que tem que ser vivido. Sem medos. O medo é um dos piores inimigos do amor e da felicidade.” Arnaldo Jabor

        • “A vida é curta, viva. O amor é raro, aproveite. O medo é terrível, enfrente. As lembranças são doces, aprecie.” Caio Fernando Abreu

          • Orai e vigiai!!!! Fé na ciênca, pois foi Deus que deu a ciência ao HOMEM. Mantenha os idosos e os do grupo de risco em confinamento horizontal. Quem decidir ir para o confinamento vertical que utilize todas as precauções necessárias. Siga o que mandam as autoridadeS. Viver é uma dádiva.

            Cada amanhecer é um milagre.

            Jesus declarou “a tua fé te salvou” algumas vezes durante seu ministério terreno. Todas elas, no entanto, foram ditas num contexto em que um milagre aconteceu (Mateus 9:22; Marcos 5:34; 10:52; Lucas 7:50; 8:48; 17:19; 18:42).

    • Com o corolário de que para morrer basta estar vivo, como minimização da epidemia Covid 19, decidimos que toda e qualquer providência visando à sobrevivência é bestagem.
      Observamos no discurso de Sancho Pança dados verídicos ao lado de relações com a questão do isolamento social nem tanto.
      Mas, vamos dar uma parada para comentar a respeito da visão milagrosa que o mago mitoso Jair Messias Bolsonaro teve a respeito do uso da Hidroxicloroquina para liquidar a quarentena: o presidente da república quer convencer a população de que podemos todos voltar às atividades sem medo porque já existe o remédio que salvará qualquer um que caia doente, que é a tal da hidroxicloroquina..
      Porém, a coisa não é bem assim: Um estudo brasileiro com a cloroquina foi interrompido precocemente, por motivos de segurança… – Veja mais em https://www.uol.com.br/vivabem/noticias/redacao/2020/04/13/estudo-com-cloroquina-e-interrompido-apos-efeitos-colaterais-em-pacientes.htm?cmpid=copiaecola
      Se a droga é promissora, pode ser que sim, os cientistas estão trabalhando nisso; e estão trabalhando também com outras drogas – mas é preciso obter resultados favoráveis com uma segurança mínima, para que o remédio não seja pior do que a doença.

      • Ah, Goiano, finalmente dissestes algo que suspeitavas mas não tinha certeza: Alguns medicamentos têm mais efeitos colaterais que deveriam – e isso já perceberás! No que tange ao vírus da vez, percebo que tem reduzido o humano a nada, e se assim o é; então do nada tem-se que partir!

  4. O deputado federal Osmar Terra voltou a repetir, esta tarde, que a atual quarentena horizontal é “obra de ficção”.

    As fotografias e vídeos publicados durante todo o dia de ontem, flagrando milhares de pessoas nas ruas, mercados públicos, parques e sobretudo nos bairros pobres da periferia, dão razão ao deputado.

  5. Como disse acima o Sancho, O Brasil tem 60.000 mortes por assassinato e 40.000 por acidente de trânsito, todo ano. Poderia ter acrescentado que no Brasil também se morre de tuberculose e malária, e que estão voltando com tudo a sífilis e a gonorréia.

    O tal confinamento, eu estou perguntando desde março: que diabo de confinamento é este em que o transporte coletivo continua funcionando? Ah, claro, os inteligentinhos da classe média querem encontrar o supermercado e a confeitaria funcionando direitinho quando saem de casa com suas mascaras de grife.

    Aliás, na minha cidade uma das primeiras providências da prefeitura, ainda no mês passado, foi reduzir o número de ônibus nas ruas, provavelmente para garantir que andariam todos bem lotadinhos, com todos os pobres bem juntinhos. É que para nossos idiotinhas, peão é imune a essas coisas tipo epidemia.

    • No Brasil também se morre de tuberculose e malária, e que estão voltando com tudo a sífilis e a gonorréia. No Brasil se morre de tanta coisa que o velho Sancho teria que digitar horas sem parar (o que agravaria ainda mais minha artrose, artrite,bicos de papagaio e hemorróidas) para dar conta de tanto morrer.

Deixe uma resposta