12 pensou em “BORIC-MADURO: DOIS TIRANOS ZISQUERDÓIDES

  1. Vão afundar na merda juntos!

    Conheci ambos os países antes da desgraça bolivariana. Eram exemplos de países que deram certo, apesar de situados na América Latina. Verdadeiros JARDINS! Oásis de prosperidade em meio à miséria dos seus vizinhos.

    Agora, correm acelerados para se transformarem na América LATRINA!

    Desejo-lhes boa sorte. Só não venham para cá, para o lado do Brasil. VADE RETRO, SATANÁS!

    • Não são apenas governos de esquerda que destroem as nações. Governantes incompetentes, mentirosos, destruidores, existem na corrente da direita também. Temos um exemplo bem próximo, que vai deixar terra-arrasada para quem vier depois. Relações diplomáticas fragilizadas, perda de participação nos temas importantes da geopolítica, economia em frangalhos, com inflação de dois dígitos (possivelmente), taxa de desemprego também com dois dígitos, crescimento próximo ou abaixo de zero, renda do cidadão em baixa, juros em alta, um monte de militares despreparados ocupando cargos no serviço público, destruição da única operação séria que combatia a corrupção nesse País sofrido…
      Para ter ordem e progresso não interessa se é de esquerda ou direita, é preciso antes de tudo ter vergonha na cara, falar a verdade, dar transparência financeira e administrativa, ter um programa para seguir e todos saberem o plano de voo, colocar o mérito antes da ideologia, reconhecer erros e corrigir. Mais importante de tudo, entender que é eleito para servir, não para se servir. Isso vale para o Executivo e Legislativo, para quem recebe o mandato do eleitor.
      Tô certo ou tô errado?

      • C. Eduardo, v. não está certo nem errado; pois para isso é necessário estar são e enxergando alguma coisa. V. está doente (ah o ódio) e cego.

        Vamos lá aos fatos:

        Relações diplomáticas fragilizadas: BR com assento transitório no conselho de segurança da ONU com 180 votos. Cotado para a OCDE. Recorde de exportações. Putin chamando o BR para conversar, Biden também, China depende da nossa agricultura para comer.

        Economia: 3 mi de empregos gerados só este ano, a inflação nos EUA crescei 3 x este ano, a nossa 40%, inflação já aponta para baixa dos números. Crescimento de quase 5% este ano, com pandemia e tudo.

        Militares despreparados: o Capitão Tarcísio entregou mais de 100 obras grandes só este ano, está recuperando o modal ferroviário com mais de 300 bi de investimentos previstos para o setor, está fazendo a BR marítima, a ligação de Santos com o Pacífico, passando pelo Paraguai, indo ao porto do Chile.

        Tudo isso com Zero de corrupção em 3 anos, ou seja, aquilo que o PSDB e o PT não faziam e dava prejuízo, agora as obras são feitas dentro do prazo e o dinheiro, que é pouco, sobra.

        Então, caro C. Eduardo, para estar certo ou errado, é preciso argumentar e não repetir falácias de aluno de colegial.

        • Não vejo no comentário do C. nem cara, nem vergonha e muito menos coerência. Vejo campanha para mudança do status quo, que ele não gosta, porque acha o presidente bobo e feio. E sua equipe premiada, acha inaptos. Bons mesmo são Moro e Dória. (Eca duplo). Ele quer Affonso Celso, Amorim, essas sumidades que nos levaram a glória. Esse C., para mim, irrelevante em opiniões, análises e em credibilidade. Nota de $3,00.

          • Caro Sérgio vou repetir para v. o comentário que acabo de fazer na coluna “Comentários selecionados” que envolve o mesmo comentarista C. Eduardo:

            “C. Eduardo eu entendo que deve ser tratado com civilidade, pois demonstra sinais de doença patológica contra os conservadores e seu atual representante na política, Jair Bolsonaro. Não é caso raro, infelizmente, porém retira toda a capacidade de raciocínio da pessoa assemelhando-a a alguém que fumou erva estragada, daí a sua análise.

            Precisamos ter paciência e piedade para com os enfermos”

            Um grande abraço e fique aqui nas áreas de comentários do JBF, é importante.

            • Então meu caro, eu não tenho essa bondade e nem a paciência para aturar mau carater. Não consigo. Vejo a má fé, vejo a percepção a serviço do mal, vejo a manipulação de dados, vejo a distorção da verdade, vejo a tentativa de impor ideologias esquisitas. Não vejo um inocente que acredita mesmo nessa bobagem que professa por aqui. Isso tudo tem método, tem propósito. O meu, aliás, é o bem do país. Verde amarelo. Da nação.
              E sou rotulado como gado, como estranho, como homofóbico/racista/negacionista e todos os etcs que acompanham. Não, eu não admito ser rotulado de forma alguma. E tem mais: Meu voto paulista deve valer o mesmo do que o voto de um de Roraima, do Piauí, do Acre ou de Rondônia. E não vale. Vamos tratar de resolver isso ou vamos continuar a aceitar essa excrecência?

              • Sérgio, eu entendo seu ponto de vista. Discordo apenas no ponto que devemos revidar na mesma moeda. É o que eles querem.

                Minha resposta a quem não tem argumentos ou não terá nenhuma reação (veja que C. Eduardo já não responde mais) é para as centenas de pessoas que nos acompanham aqui na área de comentários.

                Já houve época aqui na área de comentários do JBF que só saia arranca rabos. Isso não é bom, pois equipara os maus e os bons.

                Sigamos em frente.

                Abraço

  2. Por ter decência ,vontade de servir ao país , e por ser tolerante com um bando de vagabundos , que para nada prestam a não se criticar , na espera de afundá-lo , votaremos em 2022 em um dos únicos político com capacidade para impedir que a escória volte a dominar o país.
    Bolsonaro precisa ser reeleito!. Para o bem do Brasil!. Estou certo disto !.
    E quem não gostar , pode comprar a passagem ! Adeus !.

    • Caro Airton, em democracia é assim, quem se abstém, anula ou vota em branco em uma eleição, deixa conscientemente que outras pessoas decidam por elas. Não têm do que reclamar. Simples assim.

Deixe uma resposta